Cancelamento da Feira de Artesanato do Tap Siac em Primavera devido ao impacto da epidemia


Devido ao impacto da pneumonia causada pelo novo tipo de coronavírus, o Instituto Cultural (IC), após uma cuidadosa ponderação, cancelou a “Feira de Artesanato do Tap Siac” programada originalmente para Abril. O IC irá criar activamente as condições de trabalho favoráveis para os profissionais do sector cultural e criativo de Macau, planeando apoiar o desenvolvimento das indústrias culturais e criativas através do lançamento do “Ensino Online do Artesanato Criativo”.

Tendo em consideração que as actividades da “Feira de Artesanato do Tap Siac” em Abril e em Novembro de 2019 atraíram, respectivamente, 65.265 e 104.493 visitantes, a fim de reduzir o risco de propagação da epidemia na comunidade, evitar o contacto e aglomeração de pessoas e proteger a segurança dos participantes e do público, o IC irá cancelar a “Feira de Artesanato do Tap Siac” agendada originalmente para Abril e ajudar o sector cultural e criativo a superar as dificuldades, através do lançamento de várias medidas e planos de apoio.

A fim de criar mais condições de trabalho favoráveis para os profissionais do sector cultural e criativo locais, o IC planeia lançar, no primeiro semestre deste ano, um convite aberto à apresentação de propostas para o “Ensino Online do Artesanato Criativo”, recolhendo as propostas de ensino de artesanato criativo dos profissionais das artes e disponibilizando-as em vídeo nas plataformas online relevantes. Os detalhes do plano serão anunciados em tempo oportuno.

O IC irá colaborar com os trabalhadores do meio cultural e criativo na luta contra a epidemia e continuar a apresentar ao público, no futuro, actividades das indústrias culturais e criativas de diferentes formas, trabalhando em conjunto para a recuperação social. As informações mais recentes do IC podem ser consultadas na página electrónica www.icm.gov.mo, na conta do WeChat “ICMacao” ou na página “IC Art” no Facebook.

Ver galeria


Há algo de errado com esta página?

Ajude-nos a melhorar o GOV.MO

* Campo obrigatório

Enviar