Candidaturas para o 2.o “Programa Específico de Apoio Financeiro para Formação da Marca do Turismo Cultural” abertas no período de 8 de Junho a 7 de Agosto

1_programa específico de apoio financeiro para formação da marca do turismo cultural

O Fundo das Indústrias Culturais (FIC) irá receber as candidaturas ao 2.o “Programa Específico de Apoio Financeiro para Formação da Marca do Turismo Cultural”, no período de 8 de Junho a 7 de Agosto.

O “Programa Específico de Apoio Financeiro para Formação da Marca do Turismo Cultural” visa incentivar a cooperação transsectorial das empresas culturais e criativas de Macau, através de elementos de Património Mundial de Macau, construções com valores culturais, gastronomia, monumentos históricos em bairros comunitários, eventos desportivos ou costumes festivos, para desenvolver produtos do turismo cultural, serviços de experiência cultural, bem como, realizar actividades promocionais do turismo cultural.

As empresas candidatas devem, de acordo com os objectivos do Programa acima mencionados, com a combinação de exposições e espectáculos culturais, design criativo ou a introdução de elementos de mídia digital, tais como animação, tecnologias digitais, multimídia ou jogos interactivos, no intuito de explorar serviços turísticos com elementos culturais de Macau, lançar uma série de actividades para impulsionar o turismo cultural nos bairros comunitários e desenvolver produtos do turismo cultural. O FIC recomenda que várias empresas desenvolvam um serviço de experiência turística, e que a candidatura seja apresentada por uma empresa.

Os projectos candidatos devem incluir, em conformidade com os objectivos do Programa, as informações sobre o conceito de design, a descrição gráfica ou a descrição em vídeo dos serviços de experiência, os detalhes da série de actividades, tais como, o tema, o conteúdo a forma da realização, a data e o local previstos, bem como a agenda, assim como o programa de análise do mercado, promoção e venda. Se o projecto de experiência incluir a exploração de projectos do turismo cultural, deve apresentar o desenho dos produtos.

A avaliação será efetuada de acordo com os critérios, designadamente, criatividade do projecto candidato, a conformidade com os objectivos do Programa (elementos culturais de Macau incluídos), ligação aos bairros comunitários, desempenho na promoção turística de Macau e na formação da marca de turismo cultural de Macau, benefícios económicos previstos, racionalidade da meta e viabilidade de concretização do projecto, racionalidade do orçamento, nível de gestão da empresa candidata, capacidade técnica da equipa de execução e respectiva experiência, bem como, racionalidade da investigação, do desenvolvimento e das estratégias de produção e marketing.

O FIC irá admitir os projectos candidatos do Programa por forma de selecção, com o número total de apoio financeiro de 10 e o prazo de execução de 24 meses, sendo o limite de apoio financeiro de 50% do custo total previsto, com o limite máximo de 3 milhões de patacas para cada projecto. O FIC irá prestar apoio financeiro na forma de pagamento de despesas efectivas, devendo as verbas de apoio financeiro ser geridas através de conta bancária específica fechada, sujeitando-se à auditoria de companhia auditora, no sentido de assegurar que o erário público seja eficientemente aplicado.As empresas interessadas podem descarregar o Boletim de Candidatura na página electrónica ( www.fic.gov.mo ). Para quaisquer dúvidas, queira contactar o FIC, através do n.º de telefone 2850 1000 ou por e-mail ( info@fic.gov.mo ).

Ver galeria


Há algo de errado com esta página?

Ajude-nos a melhorar o GOV.MO

* Campo obrigatório

Enviar