Sessão de Divulgação sobre as “Linhas Gerais do Planeamento para o Desenvolvimento da Grande Baía Guangdong-Hong Kong-Macau” realizada hoje

Sessão de Divulgação sobre as “Linhas Gerais do Planeamento para o Desenvolvimento da Grande Baía Guangdong-Hong Kong-Macau” realizada hoje

A Sessão de Divulgação sobre as “Linhas Gerais do Planeamento para o Desenvolvimento da Grande Baía Guangdong-Hong Kong-Macau” organizada pela Direcção dos Serviços de Estudo de Políticas e Desenvolvimento Regional, realizou-se, hoje (dia 6), na Nave Desportiva dos Jogos da Ásia Oriental de Macau. O Subdirector da Comissão Nacional para o Desenvolvimento e Reforma, Luo Wen, discursou sob o tema “Agarre a oportunidade, Partilhe a missão, Escrever em conjunto um novo capítulo sobre a construção da Grande Baía Guangdong-Hong Kong-Macau”, mediante a apresentação de um elevado número de dados estatísticos e exemplos, fez uma análise aprofundada sobre as oportunidades e os desafios da construção da Grande Baía Guangdong-Hong Kong-Macau para Macau, a partir dos seguintes quatro aspectos: “Compreender bem o grande significado da implementação das Linhas Gerais”; “Encarrar activamente os grandes desafios da construção da Grande Baía Guangdong-Hong Kong-Macau”; “Coordenar e agarrar a grande missão de organização das Linhas Gerais” e “Desenvolver plenamente o importante papel de Macau na construção da Grande Baía”.

Estiveram presentes na sessão, Sua Excelência o Chefe do Executivo, Fernando Chui Sai On; o Director do Gabinete de Ligação do Governo Central em Macau, Fu Ziying; a Comissária do Comissariado do Ministério dos Negócios Estrangeiros na RAEM Shen Beili; o Presidente da Assembleia Legislativa, Ho Iat Seng; os titulares dos principais cargos do Governo da Região Administrativa Especial de Macau; os membros do Conselho Executivo; os deputados de Macau à Assembleia Popular Nacional e representantes dos membros de Macau no Comité Nacional da Conferência Consultiva Política do Povo Chinês; os membros da Comissão Eleitoral do Chefe do Executivo; os responsáveis dos diversos serviços do Gabinete de Ligação do Governo Popular Central na RAEM; o pessoal de Direcção do Governo da RAEM e os representantes das associações de Macau, um total de 800 participantes. O Director dos Serviços de Estudo de Políticas e Desenvolvimento Regional, Mi Jian, presidiu esta sessão de divulgação.

Mi Jian referiu que, no dia da publicação oficial das “Linhas Gerais”, ou seja, o dia 18 de Fevereiro de 2019, Sua Excelência o Chefe do Executivo, Fernando Chui Sai On, discursou sob o tema “Integração na conjuntura do desenvolvimento nacional e assumir a missão atribuída a Macau na nova era”, indicando que, a construção da Grande Baía Guangdong-Hong Kong-Macau é uma importante política nacional do nosso país na nova era e no contexto da nova fase de reforma e abertura, é uma estratégia nacional projectada, planeada e promovida pessoalmente pelo Presidente Xi Jinping. As “Linhas Gerais” traduzem integralmente o pensamento estratégico e o grandioso projecto do País. Não se reduzem ao planeamento para o desenvolvimento de uma determinada área específica do País, antes representam uma parte integrante da estratégia de desenvolvimento do País na nova era. Foi atribuído a Macau o posicionamento de “um Centro, uma Plataforma e uma Base” na construção da Grande Baía “Guangdong-Hong Kong-Macau”, demonstrando a posição que Macau ocupa na estratégia nacional. Isto representa um reconhecimento, uma expectativa do Governo Central perante Macau e uma oportunidade histórica para Macau, como também uma responsabilidade e um desafio.

O orador convidado, Luo Wen, Subdirector da Comissão Nacional para o Desenvolvimento e Reforma indicou que a 1 de Julho de 2017, o Presidente, Xi Jingping, testemunhou a assinatura do “Acordo-Quadro para o Reforço da Cooperação Guangdong-Hong Kong-Macau e Promoção da Construção da Grande Baía” entre a Comissão Nacional para o Desenvolvimento e Reforma e os governos de Guangdong, de Hong Kong e de Macau, assinalando, oficialmente, um novo patamar da construção da Grande Baía. O lançamento das “Linhas Gerais” simboliza o início da fase de implementação das estratégias da Grande Baía. Isto permite demonstrar integralmente o reconhecimento da importância de Hong Kong e Macau e o apoio do Governo Central na grande conjuntura do desenvolvimento do País, destacar o importante posicionamento nas estratégias da Grande Baía, constituindo um sentido extremamente relevante para a concretização do objectivo dos «dois centenários» e para a materialização do sonho chinês de revitalização da Nação Chinesa.

Ele indicou que a promoção da construção da Grande Baía enriqueceu a concretização do princípio “Um País, Dois Sistemas”, contribuindo para a manutenção da prosperidade e da estabilidade, a longo prazo, de Hong Kong e Macau; o estabelecimento de um novo sistema económico de abertura e de uma nova plataforma de cooperação económica internacional pode funcionar como um importante suporte de “Uma Faixa, Uma Rota”; através da construção de uma baía de primeira linha no plano internacional e de uma zona metropolitana de nível mundial permite incrementar a capacidade inovadora económica e a competitividade do País; bem como, melhorar o bem-estar da população de Guangdong, Hong Kong e Macau, partilhando a prosperidade nacional.

E referiu que a construção da Grande Baía, baseada no princípio “Um País, Dois Sistemas” e envolvendo três zonas aduaneiras constitui uma tarefa inovadora e desafiante. As três regiões irão implementar, de forma aprofundada, as importantes ideias do Presidente Xi, sobre a construção da Grande Baía, intensificar a capacidade organizativa e de colaboração em observância das linhas estratégicas traçadas pelo Estado, aproveitar o planeamento de alto nível benéfico para promover as políticas e os sistemas, incentivar, com solidez, as diversas tarefas da construção da Grande Baía. Neste momento, deve-se, em primeiro lugar, promover o factor principal de mobilidade acelerada e acessível, construir o centro internacional de inovação de ciência e de tecnologia, desenvolver as vantagens de abertura de Hong Kong e Macau, facilitar os residentes de Hong Kong e de Macau a desenvolverem-se no Interior da China, salvaguardar e melhorar o ecosistema e construir importantes plataformas de cooperação, para melhor implementar as grandes missões definidas nas “Linhas Gerais”.

Luo Wen afirmou que nas “Linhas Gerais” está expressamente determinado que Macau é uma das quatro cidades centrais e o motor essencial do desenvolvimento regional e, este posicionamento revela o elevado grau de confiança e a grande expectativa do País em Macau. Macau deve continuar a desenvolver melhor o papel de motor essencial das cidades centrais da Grande Baía, promover o Centro Mundial de Turismo e Lazer, a Plataforma de Serviços para a Cooperação Comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa, o intercâmbio e a cooperação baseada na cultura chinesa e na coexistência multicultural, bem como o papel importante de base do corredor tecnológico de Cantão, Zhuhai e Macau.

Luo Wen defendeu que a Comissão Nacional para o Desenvolvimento e Reforma e o Gabinete do Grupo Dirigente da Comissão irão cumprir, com seriedade, as suas atribuições, no sentido de melhor desenvolver a função de coordenação, de prestação de serviço e de promoção, implementar sucessivamente as “Linhas Gerais” em conjunto com os serviços competentes e os diversos sectores da sociedade de Guangdong, Hong Kong e Macau e acelerar a construção de uma baía de primeira linha no plano internacional. Durante este processo, são benvindos as opiniões e sugestões valiosas dos compatriotas e das personalidades de diferentes sectores da sociedade de Hong Kong e de Macau, por forma a melhor executar esta enorme tarefa. Por último, referiu que, este ano celebra-se o 70.º aniversário da implantação da Nova China e o 20.º aniversário do retorno de Macau à Pátria, e acredita que com o empenho de Guangdong, Hong Kong e Macau, bem como das diversas partes, a construção da Grande Baía continuará a criar uma nova conjuntura, contribuindo para a prosperidade e estabilidade de longo prazo de Hong Kong e Macau, bem como a prosperidade da Pátria.

A sessão de divulgação dispunha de uma parte de interacção, Luo Wen trocou opiniões com os participantes sobre o seguinte: como melhor promover a construção da Grande Baía no enquadramento de “Um País, Dois sistemas” e como é que as “Linhas Gerais” reduzem o impacto em virtude das diferenças dos “Dois Sistemas” na integração de Hong Kong e Macau na Grande Baía.

Ver galeria


Há algo de errado com esta página?

Ajude-nos a melhorar o GOV.MO

* Campo obrigatório

Enviar