Acto público de abertura das propostas do concurso pública da empreitada de execução do aterro e construção do dique da Zona D

Realizou-se, hoje, dia 16 de Maio de 2019, no Gabinete para o Desenvolvimento de Infra-estruturas, o acto público de abertura das propostas da empreitada de execução do aterro e construção do dique da Zona D, no qual foram recebidas 8 propostas. O prazo máximo de execução é de 1450 dias de trabalho.

Decorrido o processo de abertura das propostas, 6 propostas foram admitidas e 2 propostas foram excluídas. Os preços propostos variaram entre mais de 1,388 milhões de patacas e 1,963 milhões de patacas; os prazos propostos variaram entre os 1350 e 1400 dias de trabalho.

O aterro da Zona D, com uma área de cerca de 570 000,00 m², ficará localizado no norte da Taipa e na zona marítima em frente à Estrada Nordeste da Taipa, ou seja, na área entre a Ponte da Amizade e Ponte de Governador Nobre de Carvalho, sendo que o mesmo destina-se principalmente para fins habitacionais. Em resposta ao pedido da Direcção dos Serviços de Protecção Ambiental (DSPA), para o enchimento serão utilizados os materiais inertes seleccionados e fornecidos pelo mesmo organismo em algumas áreas da Zona D.

A fim de minimizar o impacto no ambiente circundante durante a execução, o Gabinete para o Desenvolvimento de infra-estruturas estipulou expressamente no processo de concurso público da empreitada em epígrafe que, durante a execução, deve o empreiteiro estabelecer um sistema rigoroso de gestão e resolução relevante, bem como proceder de forma adequada aos trabalhos de protecção e segurança ambiental, nomeadamente observar a orientação da DSPA no que diz respeito à prevenção e controlo e da poluição ambiental.



Há algo de errado com esta página?

Ajude-nos a melhorar o GOV.MO

* Campo obrigatório

Enviar