Left off-canvas

An off-canvas can hold any content you want.

Close this off-canvas by clicking on the backdrop or press the close button in the upper right corner.

 

Some details

  • Width
    240px
  • Height
    100%
  • Body scroll
    disabled
  • Background color
    Default

“Reminiscências da Rota da Seda – Exposição de Relíquias Culturais da Dinastia Xia do Oeste” inaugura Sexta-feira no Museu de Macau

“Reminiscências da Rota da Seda - Exposição de Relíquias Culturais da Dinastia Xia do Oeste” inaugura Sexta-feira no Museu de Macau

Para celebrar o 20.º aniversário da transferência da administração de Macau para a China, o Museu de Macau, sob a égide do Instituto Cultural e em colaboração com o Museu da Região Autónoma da Etnia Hui de Ningxia, organiza uma exposição especial intitulada “Reminiscências da Rota da Seda - Exposição de Relíquias Culturais da Dinastia Xia do Oeste”.A inauguração terá lugar no dia 14 de Junho (Sexta-feira), às 18h30, no Museu de Macau. A exposição é uma das actividades integradas no evento “Arte Macau”, que decorre até 6 de Outubro. Convidamos o público a participar na cerimónia de inauguração e nas actividades associadas.

“Reminiscências da Rota da Seda - Exposição de Relíquias Culturais da Dinastia Xia do Oeste”, dedicada às relíquias de Xia do Oeste, apresenta achados arqueológicos da Dinastia Xia do Oeste, permitindo aos cidadãos uma interpretação da história e cultura desta dinastia. Trata-se de uma refinada selecção de 148 peças (conjuntos), sendo alguns dos objectos raros exibidos pela primeira vez fora da Região Autónoma da Etnia Hui de Ningxia. A sua representatividade e quantidade explicam de forma geral o desenvolvimento da civilização Xia do Oeste. A Dinastia Xia do Oeste era rica em relíquias culturais, incluindo a escrita e a impressão, textos budistas e estatuária, bem como peças em ouro, objectos de madeira e de cerâmica, e elementos arquitectónicos tais como telhas de beiral wadang e estátuas em pedra.

Através da exibição de relíquias culturais sob forma de caligrafia, peças budistas, artesanato e arquitectura de Xia do Oeste, o público pode apreciar a exclusiva e fantástica civilização deste povo. A cultura de Xia de Oeste também é uma parte importante da cultura da Rota da Seda. Com esta exposição pretende-se também que o público adquira um conhecimento mais profundo sobre o contexto histórico da iniciativa “Uma Faixa, Uma Rota” e explore o seu significado no desenvolvimento moderno e contemporâneo através da exposição dos tesouros das relíquias culturais de Xia do Oeste.

A dinastia Xia do Oeste, na Rota da Seda, foi fundada em 1038, localizando-se a leste do Corredor Hexi. No seu apogeu, o território incluía o que é hoje a Região Autónoma da Etnia Hui de Ningxia, a Província de Gansu, a Província de Qinghai, a Região Autónoma da Mongólia Interior e a Província de Shaanxi. O Regime do Território de Xia do Oeste afirma que “se estendia a leste até ao Rio Amarelo, a oeste até à Passagem da Porta de Jade, com fronteira a sul com a Passagem Xiao e a norte domina o deserto de Gobi”. Na sua fase anterior, existia uma coligação tripartida com Song do Norte e Liao. Num período posterior, competia com Song do Sul e Jin. Durante 190 anos, Xia do Oeste foi dominado por 10 imperadores. A cultura de Xia do Oeste, que estava em pleno florescimento, acabou por se desvanecer na história. No século XX, com o aparecimento de relíquias e documentos, os tesouros de sabedoria do povo Xia do Oeste reapareceram aos olhos do mundo.

Com o objectivo de promover o conhecimento do público relativamente ao tema da exposição, existem áreas de formação e de workshops durante a exposição. O Museu de Macau está aberto diariamente das 10h às 18h (última admissão às 17h30) encerrando à Segunda-feira. A entrada é gratuita para o público em geral à Terça-feira e nos dias 15 de cada mês. A entrada é gratuita para portadores do Bilhete de Identidade de Residente de Macau. Para mais informações, é favor contactar o Museu de Macau através do telefone n.º 2835 7911, durante o horário de expediente, ou visitar a página electrónica www.macaumuseum.gov.mo.

Ver galeria


Há algo de errado com esta página?

Ajude-nos a melhorar o GOV.MO

* Campo obrigatório

Enviar