Índice de preços da habitação referente ao período de Novembro de 2017 a Janeiro de 2018

A Direcção dos Serviços de Estatística e Censos (DSEC) começou a divulgar mensalmente o Índice de Preços da Habitação apurado segundo a forma de três meses consecutivos, com o intuito de reforçar a divulgação atempada da informação estatística.

Entre Novembro de 2017 e Janeiro de 2018 o índice global de preços da habitação foi de 257,2, tendo subido 3,3%, em comparação com o período transacto (Outubro a Dezembro de 2017). Este crescimento foi impulsionado principalmente pelo acréscimo de 14,0% do índice de preços de habitações em construção (274,2). O índice de preços de habitações construídas (270,7) caiu 0,4%.

Analisando por zona, o índice global de preços de habitações da Península de Macau (257,9), bem como o da Taipa e Coloane (254,1) ascenderam 2,1% e 9,1%, respectivamente, face ao período anterior. Quanto ao índice de preços de habitações construídas, sabe-se que o da Península de Macau (265,9) caiu 0,5%, enquanto o da Taipa e Coloane (292,9) subiu 0,3%.

Em termos do ano de construção, o índice de preços de habitações construídas do escalão inferior ou igual a 5 anos de construção (257,1) e o índice do escalão dos 11 aos 20 anos de construção (269,4) aumentaram 2,9% e 0,4%, respectivamente, face ao período transacto. Porém, o índice do escalão dos 6 aos 10 anos de construção (243,7) e o índice do escalão superior a 20 anos de construção (268,4) baixaram 3,4% e 0,6%, respectivamente.

Em comparação com o período de Novembro de 2016 a Janeiro de 2017, o índice global de preços da habitação, o índice de preços de habitações construídas e o índice de preços de habitações em construção subiram 12,8%, 11,8% e 16,8%, respectivamente.



Há algo de errado com esta página?

Ajude-nos a melhorar o GOV.MO

* Campo obrigatório

Enviar