“Mulheres Artistas – 1ª Bienal Internacional de Macau” inaugura hoje, dia 8

“Mulheres Artistas - 1ª Bienal Internacional de Macau” inaugura hoje, dia 8

O Museu de Arte de Macau (MAM) do Instituto Cultural e o Albergue SCM co-organizam “Mulheres Artistas – 1ª Bienal Internacional de Macau”, a qual foi hoje (8 de Março) inaugurada no 3.º andar do MAM, e apresenta 142 obras da autoria de 132 mulheres artistas provenientes de 22 países e regiões, incluindo pinturas, serigrafias, desenhos, esculturas, instalações e vídeos, entre outras, todas elas criadas entre os anos 70 do séc. XX e aos dias de hoje. Esta exposição tem como objectivo registar e apresentar os percursos das mulheres artistas durante este período, bem como dar a conhecer mulheres artistas de diferentes nacionalidades e formação académica e a sua busca por uma multiplicidade de estéticas, em particular as que deixaram marcas no percurso da arte do século XXI. A bienal está patente até 13 de Maio.

A cerimónia de inauguração foi presidida pela Directora do Departamento de Educação e Assuntos da Juventude do Gabinete de Ligação do Governo Popular Central na R.A.E. de Macau, Xu Ting; pela Vice-Directora e Representante do Gabinete do Comissário do Ministério dos Negócios Estrangeiros da República Popular da China na R.A.E. de Macau, Wang Tingting; pela Presidente, substituta, do Instituto Cultural do Governo da RAEM, Leong Wai Man; pela Assessora e Representante do Gabinete do Secretário para os Assuntos Sociais e Cultura do Governo da RAEM, Leong Veng Hang; pelo Vice-Cônsul e Representante do Cônsul-Geral do Consulado Geral de Portugal em Macau e Hong Kong, Maria João Bonifácio; pela Cônsul-Geral do Consulado Geral da Republica de Angola na RAEM da RPC, Sofia Pegado da Silva; pela Deputada da Assembleia Legislativa da RAEM, Leong On Kei; pela Presidente, substituta, do Conselho de Administração da Fundação Macau, Zhong Yi Seabra de Mascarenhas; pela Filha da Madrinha da exposição “Mulheres Artistas – 1ª Bienal Internacional de Macau”, Paulo Rego, Victoria Willing; pela representante do Presidente do Albergue SCM e Directora, Isabel Marreiros e pela famosa Artista de Macau, Un Chi-Iam.

No seu discurso, Leong Wai Man referiu que, com a evolução dos tempos, as mulheres artistas têm vindo a receber cada vez mais atenção, dando expressão aos seus sentimentos através de uma perspectiva feminina única e revelando um charme artístico impossível de ignorar. A bienal adquire um significado especial pois abre precisamente no dia 8 de Março, no qual se assinala o Dia Internacional da Mulher.

No ano passado, o MAM e o Albergue SCM organizaram certas exposições dedicadas à arte no feminino. As duas entidades cooperaram agora na organização desta mais abrangente “Mulheres Artistas – Bienal Internacional de Macau”, focando-se no estatuto das mulheres no mundo da arte contemporânea e em outros elementos correlacionados, esperando, assim, abrir novas vias de reflexão.

Foram convidadas para integrar esta bienal mulheres artistas do Interior da China, de Macau, Hong Kong, Taiwan, Coreia do Sul, Japão, Timor-Leste, Rússia, Índia, Irão, Angola, Guiné-Bissau, São Tomé e Príncipe, Cabo Verde, Portugal, Espanha, Reino Unido, Geórgia, Brasil, Estados Unidos da América e Austrália, entre outros países e regiões, sendo ainda incluídas na mesma obras provenientes do espólio do MAM de artistas mulheres, oferecendo uma mostra do mundo artístico único das mulheres.

Entre o espólio do MAM, foram seleccionadas 36 peças produzidas entre a década de 1970 e os dias de hoje, dispostas por períodos de dez anos, permitindo, por um lado, ao público ficar a conhecer obras de mulheres artistas de vanguarda e o alcance do estudo da história da arte de Macau, e por outro apresentando 5 instalações artísticas de grande escala das artistas convidadas e criando diversos entendimentos relativos a espaço, tempo e ao feminino. São ainda expostas obras de 101 mulheres artistas activas nos círculos artísticos internacionais provenientes da colecção do Albergue SCM com o objectivo de redescobrir obras de mulheres artistas que tiveram um papel social e culturalmente significativo. Foram envidados esforços para apresentar as diversas formas de ser mulher, os vários entendimentos do feminino e ainda práticas artísticas que transcendem as diferenças de género.

“Mulheres Artistas – 1ª Bienal Internacional de Macau” está patente até 13 de Maio de 2018. O Museu de Arte de Macau, sito na Av. Xian Xing Hai, no NAPE, em Macau, aberto diariamente (incluindo os dias feriados) entre as 10:00 e as 19:00 horas (última admissão às 18:30 horas), encerrando à Segunda-feira. A entrada é livre. Para mais informações, é favor aceder à página electrónica www.MAM.gov.mo, ou contactar o MAM através do telefone n.º 8791 9814, durante o horário de expediente.

Ver galeria


Há algo de errado com esta página?

Ajude-nos a melhorar o GOV.MO

* Campo obrigatório

Enviar