51.a Conferência Geral do Comité dos Tufões

51.a Conferência Geral do Comité dos Tufões, teve lugar em “Guangzhou”

A 51.a Conferência Geral do Comité dos Tufões foi realizada por “WMO/ESCAP” e teve lugar em “Guangzhou”, de 26 de Fevereiro a 1 de Março. A delegação da RAEM, foi liderada pelo Director, Substituto da Direcção dos Serviços Meteorológicos e Geofísicos, Tang Iu Man. O Secretário Geral da Organização Meteorológica Mundial, Prof. Petteri Taalas, o “Chief, Disaster Risk Reduction of UNESCAP”, Mr. Sanjay Srivastavahghu, o “Deputy Administrator of China Meteorological Administration”, Mr. YU, Yong, e o Secretário do Comité dos Tufões, Mr. Yu Jixin, participaram e fizeram discursos na conferência.

Na conferência de quatro dias, os membros e representantes do Comité dos Tufões discutiram medidas de melhoramento de recursos de vigilância de tufões regionais e serviços de alerta antecipado. Os principais temas compreenderam a eleição do Presidente e Vice-Presidente do Comité dos Tufões, a nomeação do Secretário-Geral, a revisão e o resumo de acções dos grupos de trabalho em 2018, a formulação de um plano de trabalho para 2019 e a discussão do plano estratégico.

Na conferência, os membros aprovaram a exclusão, permanentemente, dos nomes “Mangkhut" e "Rumbia", tempestades tropicais que causaram sérios danos em 2018. Simultaneamente, aprovaram os nomes "Yun-yeung" fornecido por Hong Kong, "Yamaneko" (significa gato bravo) e "Koinu" (significa cachorrinho) fornecidos pelo Japão (a tradução oficial chinesa será determinada, posteriormente), para substituir "Kai-tak", "Hato" e "Tembin" que provocaram sérios danos em 2017.

O Comité dos Tufões foi criado em conjunto pela UNESCAP e pela Organização Meteorológica Mundial em 1968, como uma instituição oficial internacional, cuja missão é reduzir as perdas por desastres causados por tufões na região Ásia-Pacífico, e para fortalecer a cooperação regional. Actualmente, tem 14 membros nacionais e regionais.

Os nomes dos ciclones tropicais no Noroeste do Pacífico e no Mar do Sul da China são elaborados e aprovados pelo Comité dos Tufões, e cada membro fornece 10 nomes em uma determinada ordem. Quando um tufão causa grandes prejuízos a um ou mais membros, os membros que sofreram prejuízos podem solicitar ao Comité dos Tufões a remoção definitiva do nome do tufão, deixando se utilizado.

Ver galeria


Há algo de errado com esta página?

Ajude-nos a melhorar o GOV.MO

* Campo obrigatório

Enviar