Amor à Pátria e a Macau • Tendo a Pátria no coração —Inauguração do Pavilhão do Sentimento de Amor pela Pátria

Cerimónia de inauguração

Para concretizar a “Política de Juventude de Macau (2012-2020)”, relativa à exigência de “cultivar nos jovens o sentimento de identidade e pertença à sociedade e ao país, compreender e respeitar o seu país e a sua cultura” e “dar importância à necessidade dos jovens em terem um espaço razoável para realizarem actividades” e, simultaneamente, em articulação com o crescimento da população da zona de Ilha Verde face às necessidades de espaço para realização de actividades para jovens, a Direcção dos Serviços de Educação e Juventude (DSEJ) começou a preparar, em 2018, a instalação do Pavilhão do Sentimento de Amor pela Pátria no Edifício Cheng I da Ilha Verde.

A cerimónia de inauguração do Pavilhão do Sentimento de Amor pela Pátria realizou-se, com sucesso, na tarde do dia 4 de Maio.No seu discurso, o Secretário Alexis Tam salientou que o facto de a DSEJ ter procedido à instalação do Pavilhão do Sentimento de Amor pela Pátria, tornando-o uma base de ensino do Amor à Pátria e a Macau, aquando da comemoração do 100.º Aniversário do “Movimento do 4 de Maio” e do 20.º Aniversário do Regresso de Macau à Pátria, tem um significado extraordinário.OGoverno da RAEM tem atribuído grande importância à educação do Amor à Pátria dos jovens alunos, tendo desenvolvido trabalhos a vários níveis e de formas diversificadas, aumentado os seus conhecimentos sobre a história, cultura,política, economia, sociedade e vida da população da Pátria, entre outros, no sentido de promover o seu espírito patriótico e encorajar a transmissão e divulgação da excelente cultura tradicional chinesa.O Pavilhão do Sentimento de Amor pela Pátria oferece aos jovens estudantes um espaço multifuncional, onde poderão conhecer melhor a cultura chinesa, a nação e o desenvolvimento de Macau, participar em actividades pedagógicas diversificadas, com temas ligados ao “Sentimento de Amor pela Pátria”, e realizar a visita de estudo, ao ar livre, “Plano educativo sobre Amor pela Pátria para jovens alunos”.Espera-se que, no futuro, o Pavilhão do Sentimento de Amor pela Pátria possa desenvolver as suas funçõese cooperar com os diversos sectores da sociedade, especialmente com o sector educativo e as associações juvenis,aprofundando o ensino do Amor à Pátria e a Macau dos jovens estudantes.

Após a cerimónia de inauguração, os convidados, acompanhados pelos dois embaixadores do Amor pela Pátria, visitaram as diversas instalações do Pavilhão, incluindo a zona de experiências de LED, a zona de exposições interactivas, a sala multifuncional e a zona o Café e a Constituição. Em seguida, os jovens artistas de ópera cantonense da Associação de Beneficência Sin Meng fizeram uma apresentação sobre cultura da ópera cantonense e uma exibição representativa das várias personagens da ópera cantonense para os convidados.

Na zona de experiências de LED serão exibidos filmes sobre os costumes do país, a cultura tradicional e a economia social; na área de leitura será possível aceder a livros relacionados com a história da China e de Macau; na zona de exposições e na sala multifuncional serão, regularmente, realizadas exposições e actividades com diversas temáticas; a zona o Café e a Constituição permitirá que os visitantes se aproximem da Constituição, aprofundem o seu conhecimento e se inteirem dos seus conteúdos enquanto saboreiam um café. Em articulação com as diferentes instalações do pavilhão, podem ser realizadas visitas guiadas, palestras temáticas, experiências interactivas multimédia, entre outras actividades pedagógicas, sendo bem-vindos os pedidos de cedência das suas instalações pelas associações e escolas.

A cerimónia contou com a presença dos seguintes convidados: Secretário para os Assuntos Sociais e Cultura, Dr. Alexis Tam, Subdirector do Gabinete de Ligação do Governo Popular Central da RPC na RAEM, Xue Xiaofeng, Chefe do Gabinete de Estudos das Políticas do Comissariado do Ministério dos Negócios Estrangeiros da RPC na RAEM, Conselheiro Ran Bo, Chefe do Gabinete da Guarnição em Macau do Exército de Libertação do Povo Chinês, Coronel Peng Wei, Director da DSEJ, Lou Pak Sang, Directora do Departamento de Educação e Trabalhos Juvenis do Gabinete de Ligação do Governo Popular Central na RAEM, Xu Ting, Presidente do Instituto de Estudos em Direito Internacional da Academia de Ciências Sociais da China, Mo Jihong, Subdirectores da DSEJ, Leong Vai Kei e Kong Chi Meng, vogais do Conselho de Educação para o Ensino Não Superior e do Conselho de Juventude, representantes de associações, entre outras individualidades.

Ver galeria


Há algo de errado com esta página?

Ajude-nos a melhorar o GOV.MO

* Campo obrigatório

Enviar