Lançamento do inquérito relativo ao “Estudo sobre a situação de vida dos idosos e a procura dos serviços de cuidados de longo prazo na RAEM”

Lançamento do inquérito relativo ao “Estudo sobre a situação de vida dos idosos e a procura dos serviços de cuidados de longo prazo na RAEM”

A fim de enfrentar a tendência do envelhecimento da população de Macau, bem como para a aquisição de dados sobre a situação de vida das pessoas idosas em Macau e a procura dos respectivos serviços de cuidados de longo prazo, vai ser feito um estudo, assim também uma avaliação sobre a actual distribuição percentual dos lares de idosos, dos serviços de cuidados especiais diurnos e dos serviços de apoio domiciliário e o rumo do futuro planeamento. Para o efeito, o Instituto de Acção Social (IAS) incumbiu a Hong Kong Association of Gerontology de realizar, durante o período entre 10 de Junho e 30 de Setembro, o “Estudo sobre a situação de vida dos idosos e a procura dos serviços de cuidados de longo prazo na RAEM” junto dos agregados familiares em estudo.

Relativamente ao referido estudo, a Hong Kong Association of Gerontology realizou a recolha e análise dos documentos pertinentes e dos dados relativos aos serviços, bem como várias sessões de grupo de foco, tendo em vista a auscultação das opiniões relativas à actual situação dos serviços de cuidados permanentes e ao respectivo desenvolvimento dos diferentes stakeholders, nomeadamente, instituições prestadores de serviços, utentes dos serviços e os familiares da lista de espera dos serviços de cuidados permanentes, peritos e académicos, entre outros. Paralelamente, vai ser realizado um inquérito junto dos actuais 1000 utentes que estão a receber os serviços de cuidados permanentes, no sentido de se inteirar da situação desses utentes de serviços, bem como das suas necessidades e expectativas.

Além disso, a unidade de estudo vai recorrer à amostragem aleatória e sortear, no seio de toda a cidade de Macau, 3200 agregados familiares com pessoas idosas que tenham completado 60 ou mais anos de idade, às quais irá ser feito um inquérito com vista a inteirar-se dos seus hábitos de vida, da sua situação referente à saúde e ao estado psicológico, da capacidade de se auto-cuidar na vida quotidiana, da situação referente ao apoio domiciliário e à rede social. Nestes últimos dias, a unidade de estudo enviou a comunicação aos agregados familiares sorteados, a fim de que os mesmos possam ficar preparados para receberem, durante o período entre 10 de Junho e 30 de Setembro, das 10h00 às 22h00, os inquiridores, munidos do cartão de trabalho da Hong Kong Association of Gerontology e vestidos da respectiva farda da Associação que os vão visitar. Contudo, é só sob o consentimento dos inquiridos que os inquiridores entram nos respectivos domicílios.

O IAS apela à população para que apoie, de forma activa, o inquérito relacionado com o “Estudo sobre a situação de vida dos idosos e a procura dos serviços de cuidados de longo prazo na RAEM”. Nesta conformidade, todos os dados adquiridos durante o período de estudo serão mantidos em sigilo absoluto, apenas irão servir de referência tanto para o futuro planeamento dos serviços de cuidados permanentes, como para o desenvolvimento dos serviços. Para quaisquer esclarecimentos ou para a confirmação da identidade dos inquiridores, poderão os cidadãos ligar para a linha de informações da unidade de estudo através do telefone número 2882 5317.

Ver galeria


Há algo de errado com esta página?

Ajude-nos a melhorar o GOV.MO

* Campo obrigatório

Enviar