Macau e Dongguan com grande espaço de cooperação

Chefe do Executivo, Ho Iat Seng, num encontro com o secretário do Comité do Partido Comunista da cidade de Dongguan e presidente do Comité Permanente da Assembleia Popular de Dongguan, Liang Weidong.

O Chefe do Executivo, Ho Iat Seng e a delegação oficial da Região Administrativa Especial de Macau (RAEM), chegaram, hoje (10 de Janeiro), à cidade de Dongguan para dar continuidade à visita pelas cidades da Grande Baía Guangdong, Hong Kong, Macau, onde reuniram com o secretário do Comité do Partido Comunista da cidade de Dongguan e presidente do Comité Permanente da Assembleia Popular de Dongguan, Liang Weidong, e o vice-secretário do Comité do Partido Comunista da cidade de Dongguan e governador da cidade, Xiao Yafei. Durante o encontro, abordaram temas sobre a cooperação em diferentes áreas, tais como a indústria, ciência e tecnologias inovadoras, cultura e ensino, assim como, formas de promover, em conjunto, a construção da Grande Baía.

Logo após a chegada à Dongguan, o Chefe do Executivo visitou, uma empresa de telecomunicações móveis, com sede instalada na cidade, e deslocou-se em seguida ao miradouro e ao centro de exposição da nova área da Baía Binhai, para conhecer melhor o planeamento deste novo ponto de desenvolvimento.

O mesmo responsável, após as visitas, reuniu-se com os líderes da cidade. No encontro Liang Weidong começou por agradecer os esforços que Macau envidou para apoiar o desenvolvimento do território e congratulou os resultados obtidos no combate à epidemia. O secretário do Comité do Partido Comunista da cidade considerou que Dongguan, perante esta situação epidémica mundial, manteve a motivação no seu desenvolvimento devido às oportunidades sem precedentes que a Grande Baía tem oferecido.

Liang Weidong espera também que, sob a construção da Grande Baía, ambas as regiões possam reforçar mais a cooperação na área da cultura e da economia. Apontou ainda Dongguan como um local especial na formação de várias indústrias, destacando que ambas as partes podem fortalecer a cooperação neste domínio, tendo em conta que Macau pretende acelerar o impulso da diversificação adequada da economia.

Frisou igualmente as grandes vantagens de Macau no sector dos serviços modernos e disse esperar contar com a complementaridade nesta vertente, e assim, através dessas vantagens, seja possível apoiar Dongguan a explorar o mercado e a alargar as suas relações de comércio com os Países da Língua Portuguesa.

Por sua vez, o Chefe do Executivo não quis deixar de agradecer à cidade de Dongguan pelo apoio prestado a Macau durante o período epidémico, em especial, no abastecimento de recursos, o que permitiu manter a estabilidade e a tranquilidade da sociedade. Frisou ainda que, actualmente, Macau é uma cidade segura com zero casos activos mas a epidemia trouxe um grande impacto à cidade ao que o governo planeia dedicar um estímulo de diversificação das indústrias locais como um próximo passo no desenvolvimento económico, nomeadamente, nas indústrias ligadas à saúde, finanças e ciências e tecnologias.

O Chefe do Executivo referiu que está convicto no aprofundamento da cooperação entre as duas regiões, tendo em conta que Dongguan possui um mercado importante na procura de inovação e tecnologias e Macau tem bastante força no estudo e na investigação, especialmente a Universidade de Macau e a Universidade de Ciência e Tecnologia de Macau que estabeleceram uma base sólida nesta área. Ao mesmo tempo, Dongguan possui um forte suporte na área da fabricação e na cadeia de produção, o que permite um espaço ainda maior de cooperação com Macau.

No que diz respeito à colaboração no sector dos serviços modernos, o Chefe do Executivo apontou que, tanto a prestação de serviços como a gestão do sector hoteleiro em Macau estão a um nível mais aperfeiçoado, sendo que a experiência adquirida poderá fortalecer a cooperação com Dongguan no âmbito das acções de formação.

Estiveram presentes no encontro, o secretário para a Economia e Finanças, Lei Wai Nong, a chefe do Gabinete do Chefe do Executivo, Hoi Lai Fong, a directora dos Serviços de Turismo, Helena de Senna Fernandes, o director dos Serviços de Economia, Tai Kin Ip, a coordenadora do Gabinete de Protocolo, Relações Públicas e Assuntos Externos, Lei Ut Mui, o presidente do Conselho de Administração do Instituto de Promoção do Comércio e do Investimento de Macau, Lau Wai Meng e a directora do Gabinete de Comunicação Social, Inês Chan. Estiveram igualmente presentes o membro do comité permanente e chefe do Departamento da Frente Unida do PCC da cidade de Huizhou, Wang Kaizhou, a vice secretária-geral do Comité Municipal, Feng Xueyan, o subchefe do Departamento da Frente Unida do PCC da cidade de Huizhou e director dos Serviços dos Assuntos de Taiwan, Hong Kong e Macau da cidade de Huizhou, Wu Shaozhong, e subdirector executivo do Gabinete da Grande Baía da cidade, Xu Huoqiang. Contou ainda com a comparência do director do gabinete para os assuntos de Hong Kong e Macau da província de Guangdong, Li Huanchun.

Ver galeria


Há algo de errado com esta página?

Ajude-nos a melhorar o GOV.MO

* Campo obrigatório

Enviar