Left off-canvas

An off-canvas can hold any content you want.

Close this off-canvas by clicking on the backdrop or press the close button in the upper right corner.

 

Some details

  • Width
    240px
  • Height
    100%
  • Body scroll
    disabled
  • Background color
    Default

Diagnosticados quatro casos de infecção colectiva de gripe em escolas – Serviços de Saúde

Os Serviços de Saúde foram notificados, segunda-feira (4 de Março), para a detecção de quatro casos de infecção colectiva de gripe em quatro escolas e 1 novo caso de gripe acompanhado com pneumonia ou outras complicações.

O nível da actividade da gripe, em Macau, reduziu significativamente quando comparado com os valores registados em meados de Janeiro, mas ainda indicam a sua presença no território. A possibilidade de ocorrência infecções colectivas em escolas mantêm-se e não está excluída a possibilidade de ocorrerem casos graves. Os Serviços de Saúde continuam a acompanhar de perto a epidemia de gripe em Macau e a ajustar as suas estratégias de prevenção e controlo em tempo oportuno conforme a situação epidémica.

Desde Setembro de 2018 até ao momento, foram registados, em Macau, 74 casos de gripe acompanhados de pneumonia ou de outras complicações, entre estes ocorreram 10 casos graves (2 dos quais em crianças e 8 em adultos) e 2 casos mortais. Dos 74 casos, mais de 80% não tinham administrado a vacina contra a gripe. Neste momento, ainda se encontram hospitalizados nove (9) pacientes, cujo estado clínico é considerado estável.

Casos de infecção colectiva: O primeiro caso foi diagnosticado em nove (9) alunos, todos de sexo masculino, com sete (7) anos de idade, da turma CL2D do Colégio Dom Bosco (Yuet Wah, Secção inglesa), situado na Estrada de Ferreira do Amaral de Macau.

O segundo caso colectivo foi diagnosticado em nove (9) alunos, quatro (4) meninos e cinco (5) meninas, com idades compreendidas entre sete (7) e oito (8) anos da turma P2C da Escola Pui Ching, situado na Avenida de Horta e Costa.

O terceiro caso foi diagnosticado em cinco (5) alunos, três (3) meninos e duas (2) meninas, todos com sete (7) anos de idade da turma P2A do Colégio Diocesano de São José (5ª, Secção inglesa), situada na Rua de Lei Pou Ch'ôn.

O quarto caso foi diagnosticado em sete (7) alunos, três (3) meninos e quatro (4) meninas, todos com dez (10) anos de idade da turma P4II da Escola Secundária Hou Kong (Seccão Primaria), situada na Rua de Afonso de Albuquerque.

Desde o dia 27 de Fevereiro e progressivamente os alunos das 4 escolas, acima referidas, manifestaram sucessivamente sintomas de infecção do tracto respiratório como febre, tosse, entre outros. A maioria dos alunos infectados foram submetidos a tratamento em instituições de saúde. Não foram registados casos graves. Parte dos pacientes tinha sido submetidos à vacina contra a gripe sazonal de 2018-2019.

Os Serviços de Saúde já procederam à colheita de amostras do sistema respiratório para análises laboratoriais. A escola já aplicou medidas de controlo, como o reforço na desinfecção, limpeza e manutenção da ventilação de ar no interior das instalações, assim como o cumprimento rigoroso da norma que os alunos doentes não podem ir à escola.

Os Serviços de Saúde pretendem sensibilizar os cidadãos que a adopção das medidas de prevenção que se seguem poderá diminuir a infecção da gripe e de outras doenças do tracto respiratório superior:

  1. Vacinar-se anualmente contra a gripe sazonal;
  2. Assegurar que todos os membros do agregado familiar têm um sono adequado, uma alimentação equilibrada e uma prática frequente de desporto;
  3. Manter o hábito de uma boa higiene pessoal e lavar frequentemente as mãos;
  4. Cobrir a boca e o nariz ao espirrar ou tossir, bem como manusear cautelosamente as secreções orais e nasais expelidas com um lenço de papel e deitá-lo num caixote de lixo com tampa e depois limpar imediatamente as mãos; Se não tiver um lenço, cobrir a boca e o nariz com o antebraço, em vez de usar as mãos;
  5. Manter uma boa ventilação de ar e uma boa higiene ambiental;
  6. Evitar o deslocamento a locais lotados;
  7. Usar máscara no caso de ter sintomas de gripe, de necessitar de cuidar de doentes ou de recorrer a um hospital ou clínica;
  8. Em caso de indisposição, recorrer de imediato a um médico e permanecer no domicílio para descanso.

Para informações detalhadas, os interessados podem consultar a página electrónica dos Serviços de Saúde (http://www.ssm.gov.mo/csr/) ou ligar para a linha aberta de informações dos Serviços de Saúde (28 700 800).



Há algo de errado com esta página?

Ajude-nos a melhorar o GOV.MO

* Campo obrigatório

Enviar