Bolsa de Turismo de Lisboa abre com Macau em destaque enquanto Destino Internacional Convidado deste ano

Secretário para os Assuntos Sociais e Cultura, Alexis Tam, e convidados visitam expositor de Macau na BTL

A Bolsa de Turismo de Lisboa (BTL) 2019 abriu esta tarde (13 de Março, hora de Lisboa) com Macau entre os destaques do evento deste ano enquanto Destino Internacional Convidado. A Direcção dos Serviços de Turismo (DST) participa na maior feira de turismo de Portugal com uma presença reforçada através de um expositor e actividades para divulgar o património, a gastronomia, eventos, novos empreendimentos e a celebração do 20º aniversário do estabelecimento da Região Administrativa Especial de Macau (RAEM).

O Secretário para os Assuntos Sociais e Cultura, Alexis Tam, participou na abertura da BTL, tendo visitado o expositor de Macau e testemunhado a entrega do certificado de Macau Destino Preferido 2019 pela Associação Portuguesa de Agências de Viagens e Turismo (APAVT), canalizando ainda mais atenção da indústria turística portuguesa para Macau durante a BTL e ao longo do ano. O certificado foi entregue à directora da DST, Maria Helena de Senna Fernandes, pelo presidente da APAVT, Pedro Costa Ferreira.

A directora da DST salientou, na ocasião, a relevância da escolha de Macau como Destino Preferido em 2019 pela mais representativa associação da indústria turística portuguesa para dinamizar as relações entre Macau e Portugal neste ano especial, assinalando: “Ao designar Macau como Destino Preferido 2019, a APAVT vem uma vez mais fazer justiça ao seu papel de intermediário fundamental para promover uma relação mais estreita entre os agentes portugueses e o nosso destino”, acrescentando que, “com a designação de Macau como Destino Preferido da APAVT em 2019, iremos certamente ver mais contactos entre operadores, novos pacotes turísticos para Macau e no âmbito de turismo multi-destinos a surgir no mercado, levando mais visitantes portugueses a Macau, melhorando os resultados alcançados no passado e reforçando as nossas boas relações históricas.”

A DST participa na BTL com um expositor designado ao tema “Sentir Macau Ao Seu Estilo” e ao 20º aniversário do estabelecimento da RAEM. O stand com uma área de 108 metros quadrados divulga os diversos dotes turísticos da cidade: o património classificado pela UNESCO, Macau como Cidade Criativa da UNESCO em Gastronomia, com uma rulote com chefes a realizar demonstrações de culinária macaense para os participantes da BTL. Experiências de realidade virtual, como passeios em triciclos e bungy jump da Torre de Macau, são outra das atracções do stand deste ano, a par com a mascote do turismo de Macau, Mak Mak, que marca a sua primeira presença em Portugal, para receber os visitantes do expositor e distribuir lembranças de Macau. Estudantes de Macau em Portugal também se juntaram à divulgação, mostrando algumas das suas habilidades, como caligrafia chinesa, entre outros, numa promoção para actualizar os operadores turísticos e o público português sobre o destino, atraindo mais visitantes de Portugal, e ajudando a diversificar os mercados de visitantes de Macau.

Este ano na sua 31a edição, a Bolsa de Turismo de Lisboa é a principal plataforma de promoção e contactos de turismo de Portugal. A decorrer até 17 de Março, os primeiros três dias da BTL são em exclusivo para a indústria turística e, a partir do final do dia de sexta-feira e durante o fim de semana, o certame abre também ao público em geral. Participam na BTL 2019 cerca de 1150 expositores de destinos nacionais e internacionais, e de operadores de áreas relacionadas com o turismo. No ano passado, o evento recebeu mais de 77 mil visitantes.

Em sincronização com a maior atenção direccionada para Macau na BTL e para assinalar o 20o aniversário da RAEM, arrancou ontem (dia 12) a mega promoção “Sentir Macau – Portugal”, com a apresentação de um espectáculo de vídeo mapping na Praça do Comércio, denominado “Macau, uma Viagem Lendária”, em exibição até 16 de Março. O Instituto Cultural (IC) também está a organizar várias actividades em sincronização com a promoção da DST para mostrar outros elementos de Macau. Uma exposição de artes foi inaugurada esta manhã (dia 13), na Delegação Económica e Comercial de Macau, em Lisboa, com trabalhos de mais de 30 artistas de Macau, de diferentes gerações e estilos, patentes ao público até Outubro, enquanto amanhã (dia 14) quatro grupos de danças de rua de Macau realizam também actuações espontâneas em quatro ruas pedestres e praças no coração de Lisboa, entre outras iniciativas agendadas, incluindo também para o Porto.

Ver galeria


Há algo de errado com esta página?

Ajude-nos a melhorar o GOV.MO

* Campo obrigatório

Enviar