Left off-canvas

An off-canvas can hold any content you want.

Close this off-canvas by clicking on the backdrop or press the close button in the upper right corner.

 

Some details

  • Width
    240px
  • Height
    100%
  • Body scroll
    disabled
  • Background color
    Default

Hastear da Bandeira Nacional no 100.º Aniversário do Movimento do 4 de Maio e transmitir o espírito patriótico e de progresso

Cerimónia do hastear da bandeira nacional realizada

Há cem anos, o Movimento do 4 de Maio reuniu forças patrióticas de várias etnias e sectores para defender o poder nacional e promover a democracia e a ciência. O espírito ancestral de salvar e reforçar o país com todos os seus esforços e dedicação tem um significado marcantepara a procura do desenvolvimento e progresso da nação chinesa. Para celebrar o 70.º Aniversário da Implantação da República Popular da China, comemorar o 100.º Aniversário do Movimento de 4 de Maio, promover a educação do amor pela Pátria e por Macau, reforçar os conhecimentos dos alunos sobre o espírito e a história do Movimento do 4 de Maio, prosseguir o seu espírito patriótico e contribuir para a materialização do sonho chinês de revitalização da nação chinesa, a Direcção dos Serviços de Educação e Juventude (DSEJ) organizou, na manhã do dia 4 de Maio, a “Cerimónia do Hastear da Bandeira Nacional pelo sector escolar de Macau no Dia da Juventude”, no Fórum de Macau. A cerimónia contou com a presença de vários convidados, nomeadamente, o Secretário para os Assuntos Sociais e Cultura, Alexis, Tam Chon Weng, o subdirector do Gabinete de Ligação do Governo Popular Central na Região Administrativa Especial de Macau (RAEM), Xue Xiaofeng, a Comissária do Comissariado do Ministério dos Negócios Estrangeiros da República Popular da China na RAEM, Shen Beili, o Comandante da Guarnição em Macau do Exército de Libertação do Povo Chinês, Xu Liangcai, o Chefe do Gabinete do Secretário para os Assuntos Sociais e Cultura, Ip Peng Kin, o Director da DSEJ, Lou Pak Sang, a Chefe do Departamento de Educação e Assuntos de Juventude do Gabinete de Ligação do Governo Popular Central na RAEM, Xu Ting, chefes das subunidades da DSEJ, os vogais do Conselho de Educação para o Ensino Não Superior, do Conselho de Juventude e do Conselho Profissional do Pessoal Docente, bem como alunos e docentes de 82 escolas e representantes de 28 associações juvenis, num total superior a 2.000 pessoas.

No início da cerimónia, a Equipa Escolar de Macau Responsável pelo Içar de Bandeira entrou no recinto, ao som da música interpretada pela orquestra da Escola Secundária Pui Ching, e com passos dinâmicos dirigiu-se à parte lateral do palco. Quando tocou o Hino Nacional, um dos alunos da equipa desfraldou a Bandeira Nacional, vermelha com cinco estrelas, e a mesma foi hasteada. Sob a orientação dos coros de oito escolas (Escola Primária Oficial Luso-Chinesa “Sir Robert Ho Tung”, Escola da Sagrada Família, Colégio Yuet Wah, Colégio do Sagrado Coração de Jesus - Secção Inglesa, Sheng Kung Hui Escola Choi Kou (Macau), Escola Keang Peng (Secção Secundária), Escola Hou Kong e Escola dos Moradores de Macau), mais de 2000 participantes cantaram, no evento, o Hino Nacional e o local ficou repleto de vozes melodiosas, numa demonstração do sentido entusiasmo patriótico. Em seguida, realizou-se a cerimónia de juramento da Equipa Escolar de Macau Responsável pelo Içar de Bandeira, testemunhada pelos seguintes convidados: Alexis, Tam Chon Weng, Xue Xiaofeng, Shen Beili, Xu Liangcai e Lou Pak Sang, entre outras testemunhas. Os membros comprometeram-se, com solenidade, a exercer as suas funções com total empenho e a contribuir para a Pátria. Logo depois do juramento, foi exibido o vídeo “Crescimento transformativo, responsabilidade assumptível” e os jovens alunos participantes reviveram o percurso de aprendizagem da equipa do hastear da bandeira, reflexo do esforço da juventude e da continuidade da tradição escolar patriótica. Os dois mestres-de-cerimónias, enviados pela Escola Luso-Chinesa Técnico-Profissional e pela Escola Keang Peng (Secção Secundária), fizeram uma apresentação sobre a origem e o espírito do Dia da Juventude, celebrado a 4 de Maio, reforçando os conhecimentos históricos dos participantes. Para demonstrar o espírito solidário da nação chinesa,os representantes dos jovens das diversas etnias, participantes na “Semana Cultural das Etnias Chinesas 2019”, apresentaram danças étnicas, que contaram com a participação de dezenas de alunos e jovens das várias etnias, retratando o espírito de convivência e harmonia que existe entre os jovens. Por fim, os convidados registaram o momento tirando fotografias com a Equipa Escolar de Macau Responsável pelo Içar de Bandeira e com os representantes dos jovens das diversas etnias, tendo o evento terminado numa atmosfera entusiasmante e com enorme êxito, sob a Bandeira Nacional.

Todas as escolas de Macau içaram ou exibiram, também, a Bandeira Nacional no Dia da Juventude de 2019, e organizaram grupos de docentes e alunos para participarem na cerimónia do hastear da Bandeira Nacional, com vista a divulgar o “espírito do 4 de Maio”, reforçar a educação sobre a Bandeira Nacional, cultivar o amor dos alunos pela Pátria, contribuir para o progresso social e prosseguir o caminho da democracia e da ciência.

A DSEJ continuará a realizar várias actividades, empenhando-se nos trabalhos da juventude, de modo a cultivar, nos alunos e nos jovens, o amor pela Pátria e por Macau, transmitindo-lhes o espírito persistente e vigoroso da nação chinesa.

Ver galeria


Há algo de errado com esta página?

Ajude-nos a melhorar o GOV.MO

* Campo obrigatório

Enviar