Inquérito à formação profissional referente ao Ano de 2018

Em 2018 havia 56 instituições de formação profissional, ou seja, menos 1, face a 2017. Realizaram-se 1.761 cursos de formação profissional e neles participaram 68.686 formandos, isto é, +4,5% e +3,3%, respectivamente, em termos anuais, informam os Serviços de Estatística e Censos.

Analisando por cursos, os que tiveram mais formandos foram os cursos de “comércio e gestão” e neles participaram 21.356 formandos, representando 31,1% do total. Seguiram-se os cursos de “turismo, jogos e convenções/exposições” que tiveram 7.520 formandos (10,9% do total) e os de “línguas” que tiveram 6.634 formandos (9,7%). O número de formandos que frequentaram os cursos de “beleza e cabeleireiro” foi de 1.878, tendo aumentado significativamente 119,9%, em termos anuais. A taxa de conclusão dos cursos situou-se em 87,8%, tendo subido 5,3 pontos percentuais.

De entre os 1.761 cursos de formação profissional, 722 foram realizados para as empresas ou instituições, os quais desceram 3,5%, em termos anuais. Nestes cursos participaram 30.682 formandos, observando-se um aumento de 13,8%. Destaca-se que o maior número de formandos frequentou os cursos de “comércio e gestão”, ou seja, 11.612 formandos, representando 37,8% do total. Seguiram-se os 4.969 formandos (16,2% do total) que frequentaram os cursos de “turismo, jogos e convenções/exposições”, bem como os 4.822 formandos (15,7%) que frequentaram os cursos de “línguas”.

O objecto do Inquérito à Formação Profissional são as instituições que realizam cursos de formação profissional. Este inquérito recolhe a informação sobre o tipo de cursos e os formandos inscritos, com o objectivo de dar a conhecer a oferta de formação profissional existente em Macau e a adesão da população.



Há algo de errado com esta página?

Ajude-nos a melhorar o GOV.MO

* Campo obrigatório

Enviar