Começam hoje as candidaturas ao programa de concessão de apoio financeiro para a frequência de cursos pós-graduados nos institutos superiores de Portugal

“Cursos Coimbra” Estatuto

O período para a apresentação das candidaturas ao programa de concessão de apoio financeiro para a frequência dos “Cursos de Mestrado da Universidade de Coimbra em Portugal” (abaixo abreviado por “Cursos Coimbra”) e ao dos “Cursos de pós-graduação ministrados pelas universidades portuguesas, filiadas no Conselho de Reitores das Universidades Portuguesas” (abaixo abreviado por “Cursos Conselho de Reitores”), ambos lançados pela Comissão de Desenvolvimento de Talentos, decorre de 30 de Maio a 13 de Junho de 2019. O primeiro programa é financiado pela Fundação Macau, enquanto que o segundo é financiado pelo Fundo do Ensino Superior.

Este é já o terceiro ano consecutivo em que o programa de concessão de apoio financeiro para a frequência dos “Cursos Coimbra” é promovido, com um máximo de três (3) vagas anuais, tendo como áreas prioritárias os cursos de mestrado especializados em “Língua Portuguesa”, “Finanças”, “Turismo, Indústria do Turismo e Exposições” e “Tecnologias da Informação, com o objectivo de formar quadros bilingues qualificados nas línguas chinesa e portuguesa, dotados de capacidade profissional.

O lançamento das "Linhas Gerais do Planeamento para o Desenvolvimento da Grande Baía Guangdong-Hong Kong-Macau" permitiu salientar, ainda mais, o posicionamento do desenvolvimento de Macau como “Um Centro”, “Uma Plataforma” e “Uma Base”, aumentar o nível de formação dos quadros qualificados bilingues em Chinês e Português de Macau, em diversos ramos profissionais, e, o mais importante, promover as tarefas de formação de quadros qualificados para a “Plataforma de Serviços para a Cooperação Comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa”, pelo que o Governo da RAEM celebrou um acordo com o Conselho de Reitores das Universidades Portuguesas para o lançamento do “Programa Conselho de Reitores”, com um máximo de duas (2) vagas anuais de apoio financeiro para cursos de doutoramento, e um máximo de seis (6) vagas para cursos de mestrado. Em termos dos graus dos cursos, estes foram ampliados de mestrado para doutoramento, não havendo prioridade entre eles, tendo aumentado, para quinze (15), o número das cooperações com os institutos do ensino superior, com o objectivo de promover a diversificação de Macau e o desenvolvimento regional, formando mais quadros qualificados bilingues nas línguas chinesa e portuguesa.

São requisitos para a candidatura, aos dois programas, ser residente permanente a frequentar um curso de mestrado ou de doutoramento ministrado pelas universidades referidas, ou, que tenha sido admitido num curso correspondente, e, tenha sido estudante em Macau, pelo menos, três anos lectivos consecutivos, na fase do ensino secundário ao ensino superior. O valor do subsidio anual para o curso de mestrado é de 58.000 patacas, enquanto que o valor do subsídio anual para o curso de doutoramento é de 80.000 patacas, e o prazo máximo de atribuição é de três anos. Para mais detalhes, visite a página electrónica da Comissão (http://www.scdt.gov.mo/) ou verifique os dois Códigos QR, abaixo indicados. Para mais informações, se necessárias, peça-as pelo e-mail: enquiry.ttp@scdt.gov.mo, ou, contacte o Secretariado da Comissão, dentro do horário de expediente, através do telefone 2855 5108.

Ver galeria


Há algo de errado com esta página?

Ajude-nos a melhorar o GOV.MO

* Campo obrigatório

Enviar