“Arte Macau” oferece bons lugares onde ir Grandes instalações ao ar livre e exposições tornam-se locais interessantes para fotografar

Contemplação da Bondadeterna

O mega festival de artes “Arte Macau”, com uma duração de seis meses, apresenta um total de 41 eventos realizados em 48 locais, proporcionando uma experiência de turismo cultural sem precedentes que rompe o conceito de espaço. Diversas grandes instalações de arte ao ar livre criadas por artistas locais e do estrangeiro, exposições realizadas por consulados estrangeiros em Hong Kong e Macau, assim como por estâncias turísticas integradas, transformam-se em pontos de referência locais, dando a este verão uma vertente artística.

O “Santuário”, apoiada pelo MGM, uma estrutura de bambu projectada pelos arquitectos, designers e artistas locais João Ó e Rita Machado, está exposto no Jardim da Fortaleza do Monte. Esta instalação de sete metros de altura num estilo único proporciona aos visitantes um espaço de arte com sombra; a escultura em aço inoxidável “Contemplação da Bondadeterna”, apoiada pelo Wynn Macau, Limited, projectada pelo artista de Hong Kong Mok Yat San, está exposto perto do Museu de Arte de Macau, combinando pintura a tinta chinesa com elementos paisagísticos modernos em proporções surreais e em três dimensões, a fim de recordar o público a proteger a natureza. O Consulado Geral da Hungria em Hong Kong e Macau apresenta a exposição “Olhar o Credível - Tapeçarias de Zsuzsa Péreli” até 14 de Julho. Os temas metafísicos e sagrados que percorrem a obra de Zsuzsa Péreli medeiam entre dois mundos, insinuando e traduzindo para o observador tudo aquilo que pode ser intuído sobre a realidade não material. O Consulado Geral de Itália em Hong Kong apresenta a exposição “Cores da Ásia” também é realizada nas Casas da Taipa até 22 de Setembro, exibindo pinturas temáticas sobre viagens e exploração do artista italiano Francesco Lietti.

“Arte Macau: Exposição Internacional de Arte”, a principal exposição, está patente no Museu de Arte de Macau, apresentando diversos trabalhos valiosos seleccionados por estâncias turísticas integradas e empresas hoteleiras e, mostrando a essência de “Arte Macau”. As exposições de arte realizadas em estâncias turísticas integradas são igualmente fantásticas e diversificadas, nomeadamente o MGM que apresenta, em colaboração com artistas contemporâneos, uma nova concepção artística de pintura a tinta chinesa através da instalação multimédia em grande dimensão “Uma Metamorfose: Sem Fim Para o Fim” de Jennifer Wen Ma e a pintura digital de paisagem “Jornada às Trevas II” de Yang Yongliang, as quais nos dão a conhecer a essência da cultura e da arte chinesas. A exposição “Wynn – Jardim das Delícias Terrenas” no Wynn Macau, Limited, apresenta diversas peças extraordinárias de arte moderna e contemporânea, levando o público numa jornada através de um mundo de inovação e criatividade e de várias formas de expressão artística como as pinturas, a instalação e a tecnologia digital.

Além disso, foi lançada a aplicação “Art Macao”. O utilizador pode descarregar a aplicação gratuitamente, pesquisando “Art Macao” na App Store ou no Google Play. A aplicação permite o acesso do público aos detalhes das exposições, eventos, perfis dos artistas e apresentações de exposições e ainda usar a função de fotografia com a aplicação. A entrada na maioria das actividades de “Arte Macau” é gratuita. Para mais informações é favor visitar a página respectiva em www.artmacao.mo, a conta oficial no Instagram “artmacao”, “IC Art” no Facebook e a conta no WeChat “ICmacao”.

Ver galeria


Há algo de errado com esta página?

Ajude-nos a melhorar o GOV.MO

* Campo obrigatório

Enviar