O lançamento oficial do sistema de seguro de créditos à exportação

Fotografia de grupo dos representantes da AMCM, do IPIM e das unidades convidadas

Para proceder ao apoio da construção da “Plataforma de Serviços para a Cooperação Comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa”, foi lançado oficialmente o “sistema de seguro de crédito à exportação”, a fim de prestar apoio suplente à redução do risco de comércio entre os países de língua portuguesa, mediante “apólice bancária”. Para que as empresas locais compreendam as disposições operacionais do sistema e o conteúdo concreto dos produtos, a Autoridade Monetária de Macau (AMCM) e o Instituto de Promoção do Comércio e do Investimento de Macau (IPIM) realizaram hoje (dia 8) uma sessão de esclarecimento, tendo participado cerca de cem representantes do sector.

Na sessão de esclarecimento, o Sr. Dr. Chan Sau San, presidente do Conselho de Administração da AMCM, disse no seu discurso que no mercado de Macau, já existem seguradoras autorizadas a prestar produtos de seguro de crédito à exportação, no entanto, no que diz respeito às actividades dos países de língua portuguesa, as seguradoras geralmente cobrem apenas as actividades de exportação de Portugal e do Brasil, com base em considerações de risco político. Para construir um “sistema de seguro de crédito à exportação”, incluindo os países de língua portuguesa, a AMCM não só incentiva o sector local a prestar produtos de seguro de crédito à exportação para o comércio com os de países de língua portuguesa de baixo risco, mas também incentiva o estudo sobre sistema de seguro de crédito à exportação nas regiões vizinhas. Através dos questionários e seminários, conhecemos as necessidades do sector junto das seguradoras, bancos e exportadores de Macau; a AMCM discutiu e analisou em conjunto com várias instituições de seguro de crédito à exportação, com ricas experiências e capacidade, do Interior da China e do exterior sobre as soluções que podem satisfazer as necessidades de Macau, bem como formou um grupo de trabalho interdepartamental com a Direcção dos Serviços de Economia e a Associação Seguradora de Macau para implementar planos específicos. Após os estudos e exploração contínuas, a AMCM finalmente lançou o plano “apólice bancária”, que assegura os “factoring business” das empresas de Macau através dos bancos, a fim de resolver o problema de risco de crédito da exportação de países de língua portuguesa de alto risco.

Como um dos co-organizadores da sessão de esclarecimento, a Sra. Dra. Irene Va Kuan Lau, presidente do Conselho de Administração do IPIM, disse no seu discurso que a “apólice bancária” do sistema de seguro de crédito à exportação pode prestar seguro de risco às actividades de exportação das empresas, especialmente às actividades de exportação para países de língua portuguesa, desempenhando um papel activo e importante na construção da “Plataforma de Serviços para a Cooperação Comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa” em Macau. O IPIM continuará a rever e aperfeiçoar vários serviços dedicados aos investidores, a fim de criar condições mais favoráveis para as empresas de Macau e do Interior da China aprofundarem os seus laços de cooperação com clientes estrangeiros, incluindo os países de língua portuguesa. O IPIM e a AMCM bem como outros departamentos governamentais unir-se-ão para fortalecer a promoção da aplicação de serviços financeiros, como seguro de crédito à exportação nos comércios entre a China e os Países de Língua Portuguesa, permitindo que todas as partes possam obter um melhor apoio, compartilhar oportunidades e proceder ao desenvolvimento comum.

Os membros da Associação Comercial de Macau, Associação Industrial de Macau, Associação dos Exportadores e Importadores de Macau, Associação de Comerciantes Têxtil de Macau, Associação dos Fretadores de Macau e Associação de Bancos de Macau, assim como as empresas que operam nas áreas da importação e exportação participaram na sessão de esclarecimento. A Sra. Dra. Chan Kuan I, Doris, Directora do Departamento de Supervisão de Seguros da AMCM e a Sra. Dra. Chung Hang Ieng, representante do Banco da China, Sucursal de Macau fizeram a introdução das disposições operacionais do sistema de seguro de créditos à exportação e o conteúdo específico dos novos produtos lançados aos participantes. As empresas exportadoras de Macau podem comprar os seguros relativos às dívidas a receber das suas actividades de exportação, junto da companhia de seguros de crédito à exportação, através dos bancos participantes, a fim de proteger o risco de cobrança da empresa. As apólices bancárias cobrem os riscos comerciais (falência, insolvência) e riscos políticos, cobrindo o comércio de exportação em mais de 200 países e regiões do mundo, incluindo o comércio de exportação em todos os países de língua portuguesa.

Por um lado, o “Décimo Terceiro Plano Quinquenal” apoia, claramente, Macau a construir uma “Plataforma de Serviços para a Cooperação Comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa”; Por outro lado, as “Linhas Gerais do Planeamento para o Desenvolvimento da Grande Baía Guangdong-Hong Kong-Macau” propôs ainda apoiar Macau a criar uma “Plataforma de Serviços Financeiros entre a China e os Países de Língua Portuguesa” e estabelecer o sistema de seguro de créditos à exportação; estes trabalhos também foram incluídos no “Relatório das Linhas de Acção Governativa para o Ano Financeiro de 2019” da RAEM. A AMCM acompanhará, continuamente, a situação após o lançamento do projeto, ouvindo as opiniões da comunidade e do sector, procedendo oportunamente a uma revisão e optimização das mesmas para apoiar a construção da “Plataforma entre a China e os Países de Língua Portuguesa”.

Ver galeria


Há algo de errado com esta página?

Ajude-nos a melhorar o GOV.MO

* Campo obrigatório

Enviar