“14º Seminário sobre Ciências Policiais entre os Dois Lados do Estreito, Hong Kong e Macau” realizado em Shenyang, Província de Liaoning

Fotografia dos participantes do "14º Seminário sobre Ciências Policiais entre os Dois Lados do Estreito, Hong Kong e Macau”

De 23 a 24 de Outubro, decorreu em Shenyang, na Província de Liaoning, o “14º Seminário sobre Ciências Policiais entre os Dois Lados do Estreito, Hong Kong e Macau”. As delegações das quatro regiões, compostas por representantes de órgãos, escolas policiais e peritos da área da segurança, foram chefiadas, respectivamente, pelos senhores Vice-ministro permanente da Segurança Pública da China e Presidente eleito da Associação de Polícias da China, Wang Xiaohong, Presidente Honorário da Associação de Investigação e Prevenção Criminal de Taiwan, Gu Zhongli, Presidente da Associação de Investigação e Prevenção Criminal de Taiwan, Chen Shiang-Li, Comandante da Polícia de Hong Kong, Lo Wai-chung, Director dos Serviços de Imigração de Hong Kong, Tsang Kwok-wai, e Comandante-geral dos Serviços de Polícia Unitários (SPU) de Macau, Ma Io Kun. Os senhores Subdirector-geral dos Serviços de Ligação para os Assuntos Policiais do Gabinete de Ligação do Governo Popular Central na RAEHK, DengZhaofeng, Director-geral dos Serviços de Ligação para os Assuntos Policiais do Gabinete de Ligação do Governo Popular Central na RAEM, Yu Chengpin, Vice-governador da Província de Liaoning e Director da Directoria Provincial de Segurança Pública de Liaoning,WangDawei estiveram igualmente presentes no seminário.

O presente seminário teve como tema “Aperfeiçoamento do policiamento inteligente e da cooperação policial transfronteiriça”. Durante o seu discurso, o Comandante-geral dos SPU, Ma Io Kun, referiu que com o acelerado desenvolvimento da tecnologia da informação e da inteligência artificial, têm vindo a emergir novos tipos de crimes, com modus operandi diversificado e não raras vezes transfronteiriço, organizacional e oculto, criando deste modo novos desafios à polícia. Face a esta nova tendência da criminalidade, a polícia tem que, além de estabelecer uma estreita cooperação com os serviços congéneres a nível regional, estar a par da evolução da sociedade e apostar no desenvolvimento sistemático e integral do policiamento inteligente, de forma a prevenir e combater eficazmente a criminalidade sofisticada e transfronteiriça. O Comandante-geral declarou ter esperança de que o presente seminário possa continuar a servir de plataforma no âmbito de ciências policiais, a fim de impulsionar a cooperação e o intercâmbio policial das quatro regiões.

O seminário contou com a presença de cerca de 200 participantes, tendo sido recolhidas 74 dissertações, das quais 30 foram apresentadas publicamente, incidindo nomeadamente sobre a tendência e evolução das técnicas associadas à internet, mega-dados e inteligência artificial, cooperação policial transfronteiriça, policiamento inteligente, prevenção e combate aos crimes económicos transfronteiriços e crimes de burla nas telecomunicações, gestão de migração, gestão alfandegária, aplicação de novas tecnologias no equipamento policial, entre outras. Durante a estada em Shenyang, as delegações tiveram a oportunidade de visitar o Laboratório de Ciências Forenses, o Departamento de Migração e os postos policiais locais.

Foram também convidados os senhores Vice-presidentes da Associação de Polícias da China, Zhu Changjie, Ma Zhenchuan, Li Wenxi e Liang Weifa, Vice-governador de Shenyang e também Director da Directoria Municipal de Segurança Pública de Shenyang,Yang Jianjun,Vice-presidente Honorário da Associação de Investigação e Prevenção Criminal da Região de Taiwan, HuangMingzhao, Segundo-comandante da Polícia de Hong Kong, Kwok Yam-shu, Adjunto do Comandante-geral dos SPU, Mui San Meng, Subdirectora da Polícia Judiciária, Tou Sok Sam, Segundo-comandante do Corpo de Polícia de Segurança Pública, Vong VaiHong, e representantes dos Serviços de Alfândega e da Escola Superior das Forças de Segurança de Macau.

Ver galeria


Há algo de errado com esta página?

Ajude-nos a melhorar o GOV.MO

* Campo obrigatório

Enviar