Delegação empresarial de Macau participa na 2.ª edição da Exposição Internacional de Importação da China (CIIE) em Xangai

O IPIM organizou no ano passado, empresas locais para participarem na Exposição Internacional de Importação da China (CIIE)

Uma delegação composta por mais de 100 empresários locais, organizada pelo Instituto de Promoção do Comércio e do Investimento de Macau (IPIM) e chefiada pelo Senhor Secretário para a Economia e Finanças do Governo da RAEM, Dr. Leong Vai Tac, desloca-se a Xangai para participar na 2.ª edição da Exposição Internacional de Importação da China (CIIE, na sigla inglesa), que terá lugar nos dias 4 (hoje) a 7 de Novembro.Além da instalação de dois pavilhões no recinto da CIIE, o IPIM vai também organizar um fórum para apresentar e promover as vantagens de Macau enquanto plataforma de cooperação entre a China e os Países de Língua Portuguesa através de formas interactivas e diversificadas.

Dando continuidade ao papel positivo obtido na primeira edição da CIIE no ano passado, o IPIM organizou novamente neste ano, uma delegação empresarial para participar na exposição, que conta com representantes provenientes dos diferentes sectores da sociedade, incluindo comércio, serviços financeiros, convenções e exposições, comércio electrónico, ciência e tecnologia, alimentação, hotelaria, turismo, restauração, manufactura, serviços profissionais, entre outros.

O IPIM instalou pavilhões na Zona de Exposição de Produtos Alimentares e Agrícolas e na Zona de Exposição de Comércio de Serviços, que contou com a participação de 42 empresas locais, envolvidas na fabricação de produtos em Macau e de produtos alimentares e bebidas lusófonos com canais de distribuição em Macau, bem como nos serviços de contabilidade e tradução. Entre eles, o pavilhão na Zona de Exposição de Produtos Alimentares e Agrícolas ocupa uma área de exposição de 600 metros quadrados, correspondendo a um aumento de 200 metros quadrados em comparação com o ano passado, e com a coordenação de equipamentos multimédia, pretende-se apresentar a participação de Macau na iniciativa de “Faixa e Rota” e na construção da Grande Baía Guangdong-Hong Kong-Macau, promover as vantagens de Macau como Plataforma de Cooperação Sino-Lusófona, apresentar as informações sobre o ambiente de investimento em Macau, o comércio de serviços e o desenvolvimento da indústria de convenções e exposições. No decorrer da exposição serão ainda realizadas actividades de degustação e bolsas de contactos. O pavilhão na Zona de Exposição de Comércio de Serviços, à semelhança do ano passado, ocupa uma área de 60 metros quadrados.

Simultaneamente, terá lugar na tarde do dia 6 de Novembro o “Fórum de Cooperação e Investimento de Macau – Plataforma de Serviços para a Cooperação Comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa”, organizado em conjunto pelo IPIM, pelo Gabinete para os Assuntos de Hong Kong e Macau do Governo Popular do Município de Xangai e pelo Secretariado Permanente do Fórum para a Cooperação Económica e Comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa (Macau), visandoapresentar aos participantes oriundos de todo o mundo, o posicionamento e as vantagens de Macau enquanto Plataforma de Serviços para a Cooperação Comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa. Durante o evento, os participantes serão prestados aos participantes, serviços de consultoria para investimento empresarial.

Ver galeria


Há algo de errado com esta página?

Ajude-nos a melhorar o GOV.MO

* Campo obrigatório

Enviar