Criação oficial do mecanismo de reunião de cooperação entre Xangai e Macau

Chefe do Executivo, Chui Sai On, que se encontra de visita a Xangai, cumprimenta o presidente do município daquela, Yin Yong.

O Chefe do Executivo, Chui Sai On, liderou, hoje (dia 4 de Novembro), uma delegação da Região Administrativa Especial de Macau (RAEM) na cerimónia de inauguração da segunda edição da Exposição Internacional de Importações da China, e em outras actividades integradas no mesmo evento, em Xangai.

O mesmo responsável teve ainda, esta tarde, um encontro com o presidente do município de Xangai, Ying Yiong, e ambos testemunharam a assinatura de um protocolo sobre o mecanismo da reunião de cooperação entre Xangai e Macau.

No encontro, Chui Sai On lembrou que, após o estabelecimento da RAEM, os dois territórios têm mantido uma relação de trabalho e apoio mútuo, com Xangai apoiar Macau em várias áreas, e a RAEM também empenhada na cooperação do desenvolvimento das duas cidades. Acrescentou que, nos últimos vinte anos, estas cidades têm realizado actividades no âmbito do intercâmbio, cooperação, apoio mútuo, bem como troca de visitas de dirigentes.

O Chefe do Executivo disse que, sob as bases sólidas de cooperação alcançadas, Macau deseja avançar mais na ligação com Xangai, e por essa razão, no ano passado, aquando de um encontro com o presidente do município de Xangai, Ying Yiong, ambas as partes manifestaram vontade em criar um mecanismo de reunião de cooperação. Assim, com o grande apoio do Gabinete para os Assuntos de Hong Kong e Macau do Conselho do Estado e do Gabinete de Ligação do Governo Central na RAEM, esse desejo culminou na assinatura deste protocolo sobre a criação do mecanismo de reunião de cooperação entre Xangai e Macau, que trará a Macau grande influência positiva.

O mesmo responsável acredita que, após assinatura deste documento, os dois territórios reforçarão a cooperação em várias áreas, com Macau a dar mais importância ao sector financeiro com características próprias, cultura, turismo, educação, segurança e formação dos funcionários públicos, prometendo que os referidos trabalhos continuarão a ser reforçados.

Quanto à formação dos funcionários públicos, Chui Sai On indicou que muitos colegas que concluíram a formação em Xangai descreveram-na como uma oportunidade valiosa e útil para a sua aprendizagem, considerando também que o desenvolvimento deste município pode ser uma referência para Macau.

O responsável máximo da RAEM indicou que Macau está a reforçar a formação dos jovens, e acredita que as visitas e aprendizagem em Xangai vão abrir os horizontes aos jovens de Macau. E faz votos de que os dois territórios continuem a fortalecer esta colaboração, com a finalidade de dar aos jovens de Macau mais oportunidades de apreenderem em Xangai.

Por sua vez, o presidente do município de Xangai, Ying Yiong começou por dar as boas-vindas à delegação oficial do Governo da RAEM e agradecer a visita a Xangai e participação na 2ª Exposição Internacional de Importações da China. Fez questão de referir que, este ano, celebra-se o 20º aniversário da RAEM, e que durante estes vinte anos, com o apoio do Governo Central e dos Chefes do Executivo, nomeadamente sob a liderança de Chui Sai On, a economia e sociedade de Macau alcançaram um desenvolvimento saudável, estável e rápido, obtendo resultados em diversos aspectos, nomeadamente uma vida melhor para a população e estabilidade da ordem pública.

Ying Yiong disse ainda que, a partir de hoje, com a criação oficial do mecanismo de reunião de cooperação entre Xangai e Macau, as duas cidades podem concretizar, de forma mais eficaz, o intercâmbio e a cooperação, a fim de impulsionar as relações e uma ligação melhor em várias áreas. Explicou que para esse efeito, o Governo Municipal de Xangai pretende continuar a aperfeiçoar, com o Governo da RAEM, este mecanismo, com o objectivo de obter melhores resultados.

No final do encontro, Chui Sai On e Ying Yiong, testemunharam a assinatura do protocolo sobre o mecanismo da reunião de cooperação entre Xangai e Macau, com o secretário para a Economia e Finanças, Lionel Leong, e o vice-presidente do município de Xangai, Xu Kunlin, assinarem em representação dos respectivos governos.

O protocolo é um incentivo para que ambas cidades aproveitem, nesta nova era, as oportunidades da cooperação bilateral, com o intuito de levar esta relação a uma nova fase, de impulsionar o desenvolvimento económico e social, bem como, de aperfeiçoar a qualidade de vida das populações.

Os princípios essenciais da cooperação entre estas duas cidades são as vantagens do princípio de “um País, dois sistemas”, apoiar a integração de Macau no desenvolvimento nacional, alargar a abertura ao exterior, priorizar a cooperação no desenvolvimento dos sectores mais maduros, destacar projectos importantes, alargar, de forma gradual, a cooperação a outras áreas, promover a complementaridade de vantagens, atingir benefícios e ganhos mútuos, aproveitar vantagens próprias para articular com as iniciativas nacionais, nomeadamente, “Uma faixa, Uma rota”, “Grande Baía Guangdong-Hong Kong-Macau” e “Integração do Delta do Rio Yangtze”, explorar em conjunto os mercados internacionais e da China interior, bem como, continuar a reforçar a colaboração.

De acordo com as necessidades, as duas partes podem convocar com reuniões para debater assuntos importantes de cooperação, definir a orientação do desenvolvimento e projectos concretos. Além disso, ambas as partes concordaram reforçar a comunicação em várias áreas, especialmente no sector financeiro com características próprias, convenções e exposições, economia e comércio, educação, intercâmbio de jovens, turismo e criatividade cultural, ciência e tecnologia, medicina tradicional chinesa, bem como na criação de facilidades aos cidadãos de Macau em Xangai. Para o efeito, os serviços competentes dos dois governos irão estabelecer um mecanismo de comunicação para acompanhar todos estes assuntos.

O encontro e a cerimónia de assinatura contaram com a presença do secretário para os Assuntos Sociais e Cultura, Alexis Tam, da chefe de Gabinete do Chefe do Executivo, O Lam, do director dos Serviços de Estudo das Políticas e Desenvolvimento Regional, Mi Jian, do director do Gabinete de Comunicação Social, Victor Chan, e da coordenadora do Gabinete de Protocolo, Relações Públicas e Assuntos Externos, Lei Ut Mui. Da parte do Governo Municipal de Xangai, estiveram presentes o secretário-geral, Chen Jing, a vice-secretária-geral, Shang Yuying, o coordenador do gabinete de protocolo, Zhang Xiaosong, e o subcoordenador, Zhou Yajun. Marcaram ainda presença o vice-director do Gabinete para os Assuntos de Hong Kong e Macau do Conselho do Estado, Huang Liuquan, e o secretário-geral do Gabinete de Ligação do Governo Central na RAEM, Wang Xindong.

No ano passado, a 21 de Agosto, o Chefe do Executivo, Chui Sai On, e o presidente do município de Xangai, Ying Yiong, reuniram-se em Macau e testemunharam a assinatura de vários memorandos de cooperação, designadamente do “ano temático de cooperação entre Xangai e Macau”, do reforço da cooperação da indústria de convenções e exposições entre o conselho para a promoção do comércio internacional de Xangai e o Instituto de Promoção do Comércio e do Investimento de Macau, do aprofundamento de cooperação financeira entre o gabinete dos serviços financeiros de Xangai e a Autoridade Monetária de Macau, bem como sobre a cooperação e intercâmbio de jovens e associações de juventude.

Ver galeria


Há algo de errado com esta página?

Ajude-nos a melhorar o GOV.MO

* Campo obrigatório

Enviar