Especialistas de Beijing, Guangdong, Hong Kong e Macau reuniram-se online num fórum realizado pelo IPM, discutindo Tradução Automática e Grande Baía Inteligente

O fórum temático “Tradução Automática, Inteligência Artificial e Cidade Inteligente na Era dos Megadados”, organizado pelo IPM, realizado online

Com vista a explorar, de forma mais eficiente, os resultados da investigação avançada sobre tradução automática, inteligência artificial e cidade inteligente na era dos megadados e apoiar, através de tecnologias, a construção e o desenvolvimento da Grande Baía Guangdong-Hong Kong-Macau e a Iniciativa Nacional “Uma Faixa, Uma Rota”, o Instituto Politécnico de Macau (IPM) organizou, na manhã do dia 16 de Julho de 2020, com apoio da Associação de Megadados Linguísticos (LBDA), da Universidade de Estudos Estrangeiros de Guangdong (GDUFS) e do Instituto de Educação Profissional e Contínua da Universidade de Hong Kong (HKUSPACE), um fórum temático online “Tradução Automática, Inteligência Artificial e Cidade Inteligente na Era dos Megadados”. Os oradores convidados foram provenientes de Pequim, Guangdong, Hong Kong e Macau, governantes regionais, académicos e empresários, que assim se reuniram online partilhando os seus pontos de vista, explorando a construção da “Plataforma de Serviços para a Cooperação Comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa” e da “Grande Baía Inteligente”, através de tecnologias inovadoras. O Fórum atraiu mais de uma centena de participantes provenientes do Reino Unido, Portugal, Austrália, Coreia do Sul, Hong Kong, Interior da China, Macau, etc., tradutores-intérpretes de vários serviços públicos de Macau, bem como académicos, investigadores e trabalhadores de instituições de ensino superior, bancos e empresas locais que participaram neste Fórum.

Neste fórum participaram, como oradores convidados, o Secretário-Geral Adjunto do Secretariado Permanente do Fórum para a Cooperação Económica e Comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa (Macau), Ding Tian, a Vice-Presidente da Global Tone Communication Technology co., ltd, Zhang Xiaodan, o Subdirector Permanente do Instituto de Educação Profissional e Contínua da Universidade de Hong Kong (HKUSPACE) (Literatura e Ciência), Sonny S.H. Lo, a Chefe do Gabinete para os assuntos de Hong Kong, Macau e Taiwan da Universidade de Estudos Estrangeiros de Guangdong, Ke Xiaohua, o director do “Centro de Investigação de Engenharia de Computação Avançada, Ministério da Educação” da Universidade de Aeronáutica e Astronáutica de Pequim, Xiong Zhang, o Director da Faculdade de Ciências da Vida e Tecnologia da Instituto de Educação Profissional e Contínua da Universidade de Hong Kong (HKUSPACE), Bruce S. N. Cheung, e Luo Wu Man, Professora Adjunta da Escola Superior de Ciências Aplicadas do Instituto Politécnico de Macau.

Ding Tian realçou a importância da construção da Plataforma como uma ponte de ligação entre a China e os Países de Língua Portuguesa como uma missão de Macau. Os sistemas de tradução automática, nomeadamente o sistema de tradução automática Chinês/Português do IPM, têm permitido a Macau desenvolver ao máximo as vantagens linguísticas e os laços entre a China e os Países de Língua Portuguesa, contribuindo, significativamente, para a construção da respectiva Plataforma. Zhang Xiaodan acredita que a construção de cidades inteligentes internacionalizadas torna-se gradualmente uma escolha comum entre os países e regiões abrangidos pela Iniciativa Nacional “Uma Faixa, Uma Rota”. A tecnologia linguística e o planeamento, a construção, a gestão e os serviços urbanos podem integrar-se na construção das cidades inteligentes, a fim de facilitar a internacionalização. Ke Xiaohua propôs-se melhorar a eficiência da tradução automática a partir da avaliação da qualidade e aumentar a eficiência da gestão dos bancos de dados, através da combinação de várias tecnologias de tradução automática, voz inteligente, etc., a fim de facilitar a ligação do mundo com a Grande Baía Guangdong-Hong Kong-Macau.

Sonny S.H. Lo referiu que existe uma relação estreita entre o desenvolvimento da Grande Baía e o das bases de megadados, as quais podem ser os principais instrumentos de integração sócio-económica entre Guangdong, Hong Kong e Macau, dando um grande contributo para um desenvolvimento significativo da integração regional. Xiong Zhang afirmou que o desenvolvimento da Internet das Coisas e de Cidade Inteligente é um meio importante para elevar a competitividade do país bem como a capacidade de governação, sendo uma medida importante para promover a transformação e a actualização industriais, bem como o ajustamento estrutural, e sendo também o campo principal para a inovação independente da nova geração de tecnologias da informação. Bruce S. N. Cheung indicou que Guangdong, Hong Kong e Macau estão a entrar rapidamente na nova era de 5G, aprofundando continuamente o uso das tecnologias electrónicas nas áreas de vida urbana, administração, negócio, turismo, trânsito, entre outras, construindo cidades inteligentes, mais eficientes e convenientes para os seus cidadãos, integrando-se na Grande Baía Inteligente. Com base na exposição plena dos resultados do estudo e desenvolvimento da tradução automática do IPM, Luo Wu Man sugeriu que a tradução automática pode ser amplamente utilizada nos serviços governamentais, na educação, na economia e em outras áreas constitutivas da cidade inteligente. A aplicação da tecnologia de inteligência artificial vai facilitar tornar a cidade cada vez mais inteligente.

O fórum temático “Tradução Automática, Inteligência Artificial e Cidade Inteligente na Era dos Megadados” foi organizado pelo “Centro de Investigação de Engenharia em Tecnologia Aplicada à Tradução Automática e Inteligência Artificial, Ministério da Educação” do IPM, abordando especialmente como liderar o desenvolvimento regional da ciência e tecnologia através da inovação científica e tecnológica, de modo a contribuir ainda mais para a construção do Centro Internacional de Inovação Tecnológica da Grande Baía Guangdong-Hong Kong-Macau. Sendo este o primeiro centro de investigação deste tipo do Ministério de Educação da China em Hong Kong e Macau, o “Centro de Investigação de Engenharia em Tecnologia Aplicada à Tradução Automática e Inteligência Artificial, Ministério da Educação” vai aproveitar plenamente as vantagens de Macau como uma cidade central da Grande Baía, participará, activamente e através dos resultados de investigação nas áreas de inteligência artificial e da tradução automática, na construção do “Corredor da ciência e tecnologia inovadora entre Guangdong, Hong Kong e Macau”, reforçará a cooperação tecnológica com Guangdong e Hong Kong, o intercâmbio de quadros qualificados na área da ciência e tecnologia e a coordenação de estudos científicos, aprofundará a construção da Plataforma de Serviços para a Cooperação Comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa” e da “Grande Baía Inteligente”, e promoverá uma maior integração e desenvolvimento da Grande Baía Guangdong-Hong Kong-Macau e do País, bem como a cooperação e o desenvolvimento na área da inovação tecnológica entre a China, os Países de Língua Portuguesa e os países abrangidos pela Iniciativa Nacional “Uma Faixa, Uma Rota”.

Ver galeria


Há algo de errado com esta página?

Ajude-nos a melhorar o GOV.MO

* Campo obrigatório

Enviar