Instituto Cultural anuncia a lista de candidatos admitidos à Segunda Análise do “9.º Programa de Subsídios à Criação de Amostras de Design de Moda”

Instituto Cultural anuncia a lista de candidatos admitidos à Segunda Análise do “9.º Programa de Subsídios à Criação de Amostras de Design de Moda”

O Instituto Cultural (IC) concluiu recentemente o processo de Análise Inicial do “9.º Programa de Subsídios à Criação de Amostras de Design de Moda”, tendo o júri seleccionado 15 candidaturas apresentadas para a Segunda Análise do Programa (por ordem aleatória): Siu David, Wong Man I, Lei Wai Cheng, Ding Zhen, Leng Carmen, Cheong Sam I, Fong Chao In, Vong Si Weng, Choi Nga Teng, Chan Nga Leong, Chan Cheok Lim, Tang Si Weng, Lai Ka Pou, Kan Ka Kei e Sun Chan San. Cada candidato aprovado na Segunda Análise poderá receber um subsídio no montante máximo de MOP170.000, para efeitos de execução de trabalhos relativos à produção de amostras e de materiais promocionais dos trabalhos seleccionados. O IC irá notificar todos estes candidatos admitidos por telefone e e-mail, enquanto a data e o local da realização da Segunda Análise serão posteriormente anunciados.

O IC tem vindo a promover o “Programa de Subsídios à Criação de Amostras de Design de Moda” desde 2013, com o objectivo de criar oportunidades e condições favoráveis para os estilistas de moda de Macau participarem em desfiles e exposições de moda a nível nacional ou internacional, assim como incentivar o lançamento e a produção de marcas originais locais no Interior da China, injectando assim uma nova dinâmica no desenvolvimento da profissionalização e da industrialização do sector do design de moda de Macau. Este ano, foram recebidas, no total, 28 candidaturas, entre as quais mais de 60% já têm as suas marcas de moda registadas e cerca de 40% são de candidatos novos.

O júri profissional seleccionou 15 candidaturas com base em critérios de avaliação como criatividade e originalidade, qualidade dos materiais e da execução, efeitos visuais globais, potencial de mercado, viabilidade e grau de perfeição do plano de participação em exposições e desfiles da moda e plano de marketing, bem como racionalidade orçamental do projecto. Estão entre os membros do júri Ng Ian Io, Directora Sénior do Centro de Produtividade e Transferência de Tecnologia de Macau, Wong Ieng San, Directora da Loja da Louis Vuitton Macau Company Limited, e Robert Lai, estilista de moda veterano de Macau.

Os candidatos admitidos à Segunda Análise devem produzir uma amostra, com base no trabalho seleccionado para apresentação na Segunda Análise da sua candidatura, e exibi-la ao júri com um modelo à sua escolha (a maquilhagem e o penteado devem ser apropriados à amostra, de forma a realçar o efeito estilístico global). Cada candidato deve, também, apresentar o seu trabalho e responder às questões colocadas pelo júri. Após a Segunda Análise, candidatos serão pagos com base nas despesas reais incorridas para fabrico e exibição da amostra para a “Mostra para a Segunda Avaliação”, no montante máximo de MOP12.000,00. Neste processo da Segunda Análise, o júri seleccionará, no máximo, oito candidatos, cada um dos quais terá direito a um subsídio até ao montante máximo de MOP170.000, para efeitos de produção de amostras e de materiais promocionais dos seus trabalhos seleccionados. Mais informações sobre o Programa estão disponíveis na página electrónica do IC (www.icm.gov.mo/en/CCI-Subsidy) e no website das Indústrias Culturais e Criativas de Macau (www.macaucci.gov.mo). Para quaisquer esclarecimentos, é favor contactar a Sr.ª Lam, funcionária do IC, através do telefone n.º 8399 6205, durante o horário de expediente.

Ver galeria


Há algo de errado com esta página?

Ajude-nos a melhorar o GOV.MO

* Campo obrigatório

Enviar