Fundo das Indústrias Culturais organiza a participação do sector cultural e criativo na Exposição Internacional de Importações em Xangai

Fundo das Indústrias Culturais organiza a participação do sector cultural e criativo na Exposição Internacional de Importações em Xangai

O Fundo das Indústrias Culturais (FIC) organizou a participação de 15 empresas culturais e criativas de Macau na “4.ª Exposição Internacional de Importação da China”, a ter lugar em Xangai, nos dias 5 a 10 de Novembro, no intuito de exibir produtos culturais e criativos de Macau e apoiar o sector na exploração de oportunidades de negócio e na ampliação do mercado.

A “Exposição Internacional de Importação da China” é uma exposição anual e nacional sobre o tema das importações, organizada pelo Ministério do Comércio e o Governo Popular de Xangai. No corrente ano, a 4.ª Exposição contou com a participação de 58 países e 3 organizações internacionais, com cerca de 3000 expositores de 127 países e regiões, distribuídos em seis zonas de exposição, nomeadamente, equipamentos técnicos, bens de consumo diário, produtos alimentares e agrícolas, dispositivos médicos e cuidados de saúde, automóveis e comércio de serviços.

Desde a 1.ª Exposição que o FIC tem organizado anualmente empresas financiadas para participarem na “Exposição de Importações” em Xangai. Este ano, o FIC continuou a instalar o Pavilhão Cultural e Criativo de Macau na “Zona de Exposição de Bens de Consumo Diário”, com uma área de 250 metros quadrados, onde 15 empresas culturais e criativas de Macau apresentaram os produtos de Macau, incluindo artigos requintados culturais e criativos, câmaras, vestuários, acessórios de moda, jóias, etc.

Durante a realização, o FIC irá ajudar as empresas participantes a assistirem em diferentes encontros de negócios e sessões de promoção organizados pela Exposição, com o objectivo de aumentar a visibilidade e reconhecimento das empresas e das marcas participantes, nomeadamente, O-MOON, HYLE DESIGN, Poker King, Soda Panda, GoodMacau, Earlyink, no âmbito dodesigncriativo; Stardust Journey, ella épeler, Misazal, EUREKA, Giorostan, Mag Taylor, Lexx Moda, Decom, Uesome, no âmbito de vestuário e acessórios de moda.

No dia da inauguração, o subdirector do Gabinete de Ligação do Governo Popular Central na Região Administrativa Especial de Macau, Yao Jian, visitou o Pavilhão Cultural e Criativo de Macau, onde o membro substituto do Conselho de Administração, Hoi Kam Un e o respectivo coordenador do Centro de Fiscalização de Projectos, Poon Weng Hong, ambos do FIC, apresentaram-lhe a organização pelo FIC sobre a participação das empresas culturais e criativas de Macau na 4.ª Exposição.

Ver galeria


Há algo de errado com esta página?

Ajude-nos a melhorar o GOV.MO

* Campo obrigatório

Enviar