30.º Festival de Artes de Macau inaugurou oficialmente

30.º Festival de Artes de Macau inaugurou oficialmente

O 30.º Festival de Artes de Macau (FAM), organizado pelo Instituto Cultural, inaugurou no dia 5 de Maio (Sexta-feira), pelas 19:40 horas, no átrio do Grande Auditório do Centro Cultural de Macau. Estiveram presentes na cerimónia o Secretário para os Assuntos Sociais e Cultura do Governo da RAEM, Alexis, Tam Chon Weng; o Vice-Director do Gabinete de Ligação do Governo Popular Central na RAEM, Xue Xiaofeng; a Presidente do Instituto Cultural, Mok Ian Ian; a Directora da Direcção dos Serviços de Turismo, Maria Helena de Senna Fernandes; a Membro do Conselho de Administração da Direcção dos Serviços de Correios e Telecomunicações, Van Mei Lin; o Vice-director geral da Sucursal de Macau do Banco da China, Geng Wei; a Membro da Comissão Executiva da Teledifusão de Macau, S.A., Lorman, Lo Song Man, a Vice-Presidente da Arte e Cultura do MGM, Cristina Kuok e a Vice-presidente do Instituto Cultural, Leong Wai Man, sendo realizada ainda no local uma dança do leão por crianças, organizada pelo MGM. A fim de celebrar o 30.º Festival de Artes de Macau, a Direcção dos Serviços de Correios e Telecomunicações instalou um stand no átrio do Centro Cultural destinado à venda de produtos filatélicos.

A Direcção dos Serviços de Correios e Telecomunicações lançou produtos filatélicos do 30.º FAM, incluindo uma Série de Selos, um Bloco Filatélico e um Sobrescrito do 1.º Dia, entre outros. A Série de quatro selos foi especialmente concebida com base em imagens gráficas de edições anteriores do FAM, com vista a reflectir o tema deste ano: “um tributo aos clássicos”. O Bloco Filatélico incorpora a imagem gráfica do 30.º FAM: bolhas em movimento, que evocam um espaço infinito numa folha de papel, sugerindo ainda o número 30, a fim de comemorar o 30.º aniversário do Festival.

Para celebrar o seu 30.º aniversário e agradecer aos artistas pelos seus anos de trabalho árduo em várias plataformas, esta edição do FAM tem como tema “um tributo aos clássicos”. Com respeito pelos clássicos e com a determinação de criar obras que se transformem em clássicos, o Festival irá continuar a injectar vitalidade cultural em Macau, permitindo ao público apreciar obras intemporais. A abrir, o Festival apresenta, nos dias 3 e 4 de Maio, o espectáculo Vertikal pela CCN Créteil & Val-de-Marne / Cie Käfig, de França, no qual os bailarinos apresentam elegantes movimentos de dança verticais, libertando-se dos limites da gravidade. Entre os dias 3 e 10 de Maio, A Viagem de Curry Bone 2019, pela companhia Cai Fora, pretende orientar os participantes ao longo de um passeio a pé original. Os espectadores que já compraram bilhetes para este espectáculo devem chegar ao edifício do Instituto Cultural, sito na Praça do Tap Siac 20 minutos antes do mesmo.

Nos dias 4 e 5 de Maio, a Associação de Dança Ieng Chi e o Concept Pulse Studio apresentam Wonder.Land, uma produção de dança original que tem vindo a ser desenvolvida ao longo dos últimos dois anos. A ópera cantonense Mu Guiying Quebra o Portão de Tianmen, pelo Grupo Juvenil da União Geral das Associações dos Moradores de Macau, sobe ao palco no dia 4 de Maio. O concerto Uma Sinfonia Alpina, apresentado pela Orquestra de Macau e pela Orquestra Sinfónica de Shenzhen no dia 9 de Maio, visa incentivar o intercâmbio artístico e cultural na região da Grande Baía.

A Organização lançou ainda três lembranças muito práticas, incluindo um guarda-chuva longo, um bloco de notas de tamanho A4 e um saco multifuncional. As lembranças e pacotes de desconto encontram-se à venda, sujeitas a disponibilidade, no Centro Cultural de Macau, no Edifício do Antigo Tribunal, no Centro de Arte Contemporânea de Macau - Oficinas Navais Nº 2, no Cinema Alegria, no Armazém do Boi e no Conservatório de Macau, durante os espectáculos do 30.º Festival de Artes de Macau.

Está apenas disponível um número limitado de bilhetes para alguns destes espectáculos, pelos que se aconselha o público a adquirir os mesmos com brevidade. Para mais informações sobre os programas, a venda de bilhetes e outros descontos, é favor consultar o folheto do XXIX Festival de Artes de Macau, cuja versão em PDF pode ser descarregada a partir da página electrónica www.icm.gov.mo/fam, seguir a página do FAM no Facebook ou assinar a conta do IC no Wechat (“ICmacao”). Linha directa de reservas de bilhetes: 2855 5555. A venda de bilhetes online está disponível em www.macauticket.com.

Ver galeria


Há algo de errado com esta página?

Ajude-nos a melhorar o GOV.MO

* Campo obrigatório

Enviar