Questão do mecanismo de retirada de trabalhadores não residentes


O Chefe do Executivo, Ho Iat Seng, disse que, se os trabalhadores locais estiverem interessados em trabalhar no sector da construção civil, como empregadas domésticas, nos serviços sociais e na indústria de produção, o Governo da RAEM irá ajustar o mecanismo de retirada dos trabalhadores não residentes e as quotas concedidas nessas áreas. A questão do mecanismo de retirada dos trabalhadores não residentes não é um assunto difícil. Ao mesmo tempo, o governo espera que os residentes locais ajustem e diminuam as suas expectativas na procura de trabalho para aceitarem diferentes oportunidades.

Sobre o problema de comportamentos de inação por parte de funcionários públicos, o Chefe do Executivo considerou que alguns funcionários públicos trabalham de uma forma relativamente conservadora, sendo necessário tempo para se alterar a situação, tratando-se também de um problema do sistema, que implica o regime de promoção, entre outros, que afectam o moral dos funcionários públicos. Por causa disso, o governo irá fortalecer a formação profissional dos funcionários públicos, constituir uma reserva de quadros qualificados na área da gestão, oferecendo, desta maneira, mais oportunidades de promoção aos funcionários jovens.



Há algo de errado com esta página?

Ajude-nos a melhorar o GOV.MO

* Campo obrigatório

Enviar